10 linguagens de programação recomendadas para criação de chatbots

Para empresas, a IA está se tornando uma importante parte de sistemas de interação com clientes, em especial nos chamados chatbots — robôs desenvolvidos a partir de diversas de linguagens de programação com o objetivo de responderem automaticamente e rapidamente a questionamentos do público.

Existem várias plataformas que oferecem sistemas de chatbots já prontos, mas os valores de implementação podem afastar algumas empresas. Com isso, ter um setor de T.I capaz de criar uma ferramenta do tipo é importante.

Abaixo estão 10 linguagens de programação mais utilizadas e recomendadas para a criação de um chatbot, com base em lista do site Analytics Insight. Confira:

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Python

Python é uma importante linguagem para desenvolvimento de chatbots. (Imagem: Johnson Martin/Pixabay)

Além de ser uma das linguagens de programação mais populares do mundo, o Python também conta com uma grande disponibilidade de algoritmos de aprendizado de máquina que podem ser utilizados na criação de chatbots, gerando assim respostas para as mais diversas interações com usuários.

Clojure

A Clojure é uma linguagem de programação que utiliza o Java como sua principal plataforma, o que a torna compatível com várias frameworks e algoritmos dele. Com isso, o desenvolvimento de chatbots já tem um bom ponto de partida.

Porém, a Clojure ainda conta capacidades multi-thread, o que permite que várias instâncias do robô de chat sejam executadas ao mesmo tempo – tudo isso em um sistema leve e de fácil manuseio.

Ruby

A Ruby conta com características e sintaxes bem semelhantes ao Python, o que faz com que o desenvolvimento de chatbots seja semelhante — mas o seu principal diferencial está em sua compatibilidade com código dinâmico.

Neste tipo de código, a plataforma adapta parte de sua programação conforme demandas forem aparecendo, tudo isso a partir de um mecanismo de alocamento de memória automático — o que a torna perfeita para desenvolvimento de chatbots com IAs adaptativas.

Java

Java, além de popular, também pode desenvolver chatbots. (Imagem: Reprodução/Java)

O Java é utilizado em aplicações de mais de 3 bilhões de dispositivos, e graças a essa grande gama de opções e compatibilidade, ela pode ser utilizado na construção de chatbots efetivos com IAs avançadas.

Lisp

Por fim, temos a Lisp, segunda linguagem de alto-nível mais antiga do cenário, sendo lançada em 1958 e em constante evolução até hoje.

Como uma linguagem pioneira na criação de sistemas inteligentes, chatbots também podem ser feitos com ela — ainda mais graças as suas capacidades próprias de criação de protótipos, sendo uma ótima maneira de treinar os robôs em formas de responder os clientes.

JavaScript

Javascript também é uma linguagem de programação que pode ser utilizada para criar chatbots. (Imagem: Reprodução/Davide Guida)

Com 97% dos sites em toda internet utilizando Javascript, um chatbot desenvolvido com essa linguagem pode se adaptar e ter acesso aos demais recursos das páginas em questão.

Além disso, com a grande busca do mercado por desenvolvedores de Javascript, com certeza qualquer profissional estará bem servido sabendo essa linguagem.

Kotlin

A Kotlin é uma linguagem de programação multi-plataforma desenvolvida focada no desenvolvimento de apps, sendo utilizado por mais de 60% dos desenvolvedores Android no mercado atualmente.

Para criação de chatbots em apps de Android, em especial, ela é a melhor opção.

PHP

Mesmo existindo a décadas, o PHP continua sendo um importante marco da computação e da internet, a partir de sua função de poder implantar em conteúdos HTMLs diferentes ações.

E, considerando que a internet até hoje faz muito uso do HTML, construir chatbots em PHP acaba facilitando a implementação desses serviços nas páginas.

Swift

A Switf é a linguagem de programação utilizada para criação de chatbots para dispositivos da Apple. (Imagem: Reprodução/ James Lewis/Unsplash)

A Swift é uma linguagem de programação desenvolvida pela Apple com foco em desenvolvimento de aplicações para iOS, watchOS e para o macOS.

Em geral, ela pode criar chatbots inteligentes e utéis, mas todos são distribuidos a partir de aplicativos para as plataformas da Apple – o que talvez diminua a utilidade geral para empresas que querem uma solução única.

C#

Uma das linguagens mais utilizadas no mundo, além de ser figura carimbada na maioria de cursos de programação, o C# também pode ser utilizado para a criação de chatbots, inclusive através de frameworks oficiais disponibilizadas pela Microsoft.

Fonte: TheChatBot, Analytics Insight  

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu