5 motivos para assistir The White Lotus na HBO Max

Em 2021, uma das séries que mais chamou a atenção dos assinantes da HBO Max foi The White Lotus. A trama, que conta com um enredo inusitado, divertiu e surpreendeu muitos espectadores que agora esperam ansiosos pela segunda temporada, que já está mais do que confirmada.

A sequência de The White Lotus ainda não tem data de estreia oficial, mas a HBO já revelou algumas novidades. A protagonista, por exemplo, será Aubrey Plaza, conhecida por Parks and Recreation. O ator Michael Imperiolli, de Família Soprano, também está no elenco dos novos episódios.

A segunda temporada da série já está confirmada (Imagem: Divulgação/HBO)

Se você ainda não conferiu a série da HBO Max, veja a lista de motivos para assistir The White Lotus que o Canaltech preparou para convencer você.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

5. Premissa

A sinopse oficial The White Lotus não entrega nem metade do que a série é: “acompanha as experiências de vários hóspedes e funcionários durante sua estadia de uma semana em um resort tropical”. Mas basta assistir ao primeiro episódio para entender que a história é muito mais complexa e interessante do que parece.

Tudo com uma cena que se passa logo após os acontecimentos de toda a série, deixando duas perguntas no ar: quem morreu e quem matou. Então voltamos para o momento onde tudo começou e chega a hora de prestar atenção aos mínimos detalhes para criarmos a nossa própria investigação enquanto somos entretidos por personagens bem peculiares.

4. Elenco

O elenco de The White Lotus combina com o enredo (Imagem: Divulgação/HBO)

O que seria de uma boa série se parte do seu mérito não fosse o elenco, não é mesmo? Em The White Lotus os atores escalados para a produção fazem toda a diferença na hora de contar a história e parecem ter sido a escolha perfeita para seus personagens. Entre eles estão Jennifer Coolidge, que já é veterana no humor; Alexandra Daddario e Jake Lacy, Connie Britton e Murray Bartlett, entre muitos outros.

3. Vários gêneros em um só

The White Lotus consegue mixar diversos gêneros em um só lugar. A trama tem mistério, investigação, drama e comédia, que é retratada de forma bastante ácida. Essa mistura de estilos chega a ser estranha nos primeiros episódios, mas, a partir do momento que você entende a abordagem da série, ela se torna ainda mais incrível e divertida.

2. Divertidamente desconfortável

A série também traz aqueles famosos momentos de “vergonha alheia” para a tela do assinante da HBO Max, com cenas que nos fazem cobrir o rosto de desconforto. Isso não significa, claro, que se tratam de situações que prejudicam a série, mas sim de momentos que mostram que um bom roteiro pode transformar o comum em algo brilhante.

1. Deboche e ironia

A série é repleta de humor ácido (Imagem: Divulgação/HBO)

Como já dissemos, toda a série mescla toques de humor ácido e até obscuro. Então, o que não falta é bastante ironia e deboche. The White Lotus faz isso de diferentes formas, mas grande parte dessa característica é vista nas personagens Olivia (Sydney Sweeney) e Paula (Brittany O’Grady), que representam o padrão de adolescente fútil e cruel já conhecido do cinema e da TV, mas sempre aparecem lendo seus livros renomados.

Enquanto a segunda temporada de The White Lotus não estreia na HBO Max, você já pode assistir à primeira temporada na plataforma de streaming.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também