Apple dá até US$ 180 mil em ações a funcionários para segurá-los na empresa

A Apple deu a alguns de seus engenheiros nos EUA bonificações em foma de ações da empresa. O movimento é considerado incomum e importante em um momento em que a empresa tenta reter alguns de seus talentos para a concorrência no Vale do Silício, como a Meta, dona do Facebook.

E os bônus não foram pouca coisa. Os valores dos pacotes de ações variaram de cerca de US$ 50 mil a US$ 180 mil (R$ 280 mil a R$ 1 milhão) em alguns casos. Elas serão pagas ao longo de quatro anos, para servir como um incentivo aos profissionais para permanecer na Apple.

Segundo a Bloomberg, os engenheiros recompensados eram de áreas como design de silício, hardware e software, e os beneficiados pediram para não ser identificados porque o programa não é público: foi uma recompensa aos empregados de alto desempenho da companha. Procurada, a Apple recusou-se a comentar.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Meta, do Facebook, tem contratado pessoal da Apple (Imagem: Reprodução/Facebook)

Ainda de acordo com a reportagem da Bloomberg, a Apple está no meio de uma guerra de contratação de talentos do Vale do Silício contra seus rivais. A Meta, holding do Facebook, tem sido a empresa mais incisiva: contratou cerca de 100 engenheiros da Apple nos últimos meses. Por outro lado, a fabricante dos Macs e iPhones também atraiu alguns funcionários da empresa de Mark Zuckerberg.

Como as duas empresas devem concorrer ainda mais em novos negócios dos próximos anos, como realidade virtual, inteligência artificial e produtos de hardware como óculos e fones de ouvido, a disputa de talentos do setor faz sentido. A Meta, por exemplo, tem esse nome porque almeja criar um metaverso, um novo modelo de internet com base em ambientes tridimensionais.

O repentino programa de bônus da Apple irritou alguns engenheiros que não receberam as ações e que acharam o processo de seleção arbitrário. As ações da empresa subiram 36% este ano, elevando seu valor de mercado para quase US$ 3 trilhões (R$ 16,8 trilhões).

Fonte: Bloomberg (via Yahoo)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu