Apple pode lançar assinatura para “alugar” iPhones e outros produtos

Querendo ou não, serviços de assinatura mensais de eletrônicos vieram para ficar. E parece que em breve a Apple pode lançar uma modalidade para que interessados em seus produtos comprem iPhones e outros dispositivos da empresa pagando uma parcela por mês.

Segundo o Bloomberg, “o serviço seria o maior ‎impulso da Apple até agora em vendas recorrentes, permitindo que os usuários assinassem hardware pela primeira vez.”

Usuários poderiam assinar o iPhone do ano sem pagar preço cheio de uma só vez (Imagem: Reprodução/Apple)

A ideia é que usuários possam assinar um plano de iPhone e pagar de forma recorrente todos os meses pelo uso do aparelho. O serviço também poderia funcionar para outros dispositivos da marca como iPads e Macs.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O Bloomberg indica que o projeto está em desenvolvimento e que os produtos teriam garantia Apple Care, sendo assim protegidos contra eventuais danos durante a assinatura.

Além disso, a assinatura estaria atrelada aos serviços digitais da marca, não sendo necessário pagar a mais por Apple Music, TV+, Fitness+, Arcade e iCloud+, por exemplo.

Preço do serviço pode variar dependendo do aparelho escolhido e lançamento ainda é incerto (Imagem: Reprodução/Apple)

É dito ainda que o programa não dividiria o preço do dispositivo em 12 ou 24 meses. “‎Em vez disso, seria uma taxa mensal a ser determinada que depende de qual dispositivo o usuário escolher‎.”

O novo serviço pode ser lançado no fim de 2022, mas também possui chances de ser adiado para 2023 ou até mesmo ser cancelado.

Um “iPhone pra Sempre” em escala global

iPhone pra Sempre do Itaú permite alugar celulares da Apple (Imagem: Reprodução/Itaú)

O banco Itaú possui o programa “iPhone pra Sempre” onde interessados podem adquirir um iPhone dividido em 70% do valor do modelo + pagamento final.

Ao final do programa usuários podem ficar com o iPhone, devolver o aparelho ou renovar a assinatura com um novo iPhone.

Isso pode ser o que a Apple esteja interessada em lançar, mas oferecendo de forma mais integrada aos seus serviços e em escala global.

Samsung permite alugar celulares Galaxy no Brasil

Samsung e Porto Seguros têm parceria para aluguel de celulares e tablets no Brasil (Imagem: Reprodução/Samsung)

Em parceria com a Porto Seguros, a Samsung já possui o serviço de assinatura Tech Fácil para dispositivos da linha Galaxy no Brasil.

Usuários podem adquirir o Galaxy Tab S8, celulares das séries Galaxy S22 e dobráveis da linha Galaxy Z sem comprometer o limite do cartão de crédito e com seguro incluso.

Atualmente dodos os aparelhos são listados como “produto indisponível” e não há indícios de disponibilidade de novas unidades.

Apple pode aumentar popularidade de iPhones

Serviço de assinatura pode tornar iPhones mais populares (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)

Com sua própria assinatura para produtos, a Apple poderia aumentar a popularidade de seus iPhones ao mesmo tempo em que amplia o ganho em serviços.

Atualmente a venda de iPhones corresponde a mais da metade da receita da Apple (52,5%), enquanto Serviços (assinaturas digitais como Apple Music, TV+, Fitness+ e outros) fica em segundo lugar com participação de 18,7%.

Em resposta ao Bloomberg, o porta-voz da Apple se negou a comentar os planos da empresa.

Fonte: Bloomberg

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu