Astronautas preparam ISS para novo painel solar em spacewalk de quase 7 horas

A Estação Espacial Internacional (ISS) já está pronta para receber novos painéis solares após uma caminhada espacial de quase sete horas, conduzida pelos astronautas Kayla Barron e Raja Chari. Na terça-feira (15), dupla trabalhou na instalação de estruturas na base da estação, preparando o local para receber um novo painel ISS Roll-Out Solar Array (iROSA), e conseguiram também adiantar algumas tarefas de atividades extraveiculares futuras.

Barron e Chari iniciaram as atividades às 09h12 (horário de Brasília) com a ativação da bateria interna de seus trajes da unidade de mobilidade extraveicular (EMU). A dupla deixou a câmara de pressão Quest, dos Estados Unidos, levando as peças e ferramentas necessárias para o trabalho com o kit iROSA. Eles construíram uma instalação de apoio, sobre a qual um futuro painel iROSA será montado.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Até o momento, dois novos painéis já foram instalados na estação sobre os antigos e há ainda outros quatro que serão entregues no futuro. Quando o conjunto estiver completo, os novos painéis vão poder aumentar seis dos oito canais de produção de energia da estação, aumentando o total de energia elétrica produzido para 215 kW.

Os astronautas concluíram o trabalho de instalação da estrutura com uma hora de antecedência. Por isso, a equipe do Controle da Missão os instruiu a amarrar um isolamento de camadas múltiplas em unidades de bateria, para ajudar em substituições robóticas ou mudanças no lugar delas.

O tempo extra permitiu também que os astronautas redefinissem parafusos em diversas unidades de substituição orbital, armazenadas em uma plataforma do lado externo da estação.

Já se aproximando do fim do spacewalk, Barron e Chari analisaram o espectrômetro Alpha Magnetic Spectrometer (AMS), um detector de raios cósmicos que passou por uma série de reparos, conduzidos ao longo de caminhadas espaciais desafiadoras em 2019. A dupla analisou a situaçãod de acesso a um painel, que talvez permita trabalhos futuros no instrumento.

A caminhada espacial foi concluída às 16h06 (horário de Brasília), somando 6 horas e 54 minutos de atividades. Esta foi a segunda atividade extraveicular do ano e a 247º já realizada para a manutenção e atualização da estação desde 1998. Além disso, esta foi a primeira caminhada espacial de Chari e a segunda de Barron; agora, ela soma 13 horas e 26 minutos de atividades extraveiculares.

Fonte: NASA; Via: Space.com

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu