Até R$ 25 mil: veja melhores salários por cargo de tecnologia da informação

Um diretor de tecnologia da informação ganha em média no Brasil R$ 25.200, enquanto um gerente de desenvolvimento recebe todo mês R$ 23.076, segundo um levantamento realizado pelo site de currículo Banco Nacional de Empregos (BNE). De um modo geral, profissões relacionadas à tecnologia devem continuar em alta em 2022.

Apesar dos impactos causados pela pandemia de covid e a atual crise econômica no país, a consultoria IDC previu um aumento de 7% no mercado de tecnologia da informação e comunicação (TIC) em 2021. Já no mercado corporativo, incluindo software, serviços e hardware, a previsão de crescimento é de 10%.

Confira as funções e as médias salariais medidas pelo BNE:

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

  • Diretor de TI: R$ 25.199,22
  • Gerente de desenvolvimento: R$ 23.076,57
  • Gerente de projetos: R$ 18.609,30
  • Coordenador de sistema: R$ 18.040,50
  • Coordenador de infraestrutura: R$ 16.899,66
  • Gerente de redes: R$ 16.337,39
  • Gerente de segurança da informação: R$ 16.195,26
  • Arquiteto de software: R$ 12.243,02
  • Supervisor de TI: R$ 11.371,49
  • Engenheiro de desenvolvimento: R$ 9.036,90
Pandemia ampliou necessidade por profissionais do setor de TI (Imagem: Reprodução/Envato)

Para José Tortato, gerente de negócios do BNE, o cenário de crescimento está ligado ao investimento no setor. “Por conta da pandemia, houve instabilidade em diversos setores da economia. Dessa forma, o isolamento social exigiu que as empresas realizassem uma transformação digital para que conseguissem atender as demandas do mercado, ampliando a necessidade por profissionais do setor de TI”, explica.

“Ao avaliar dados dos últimos anos, não é uma surpresa prever o crescimento de empregos no setor de TI para 2022. Esse aspecto é ótimo para o trabalhador, pois, além da alta demanda, ainda surge a oportunidade de faturar melhores salários”, ressalta o CEO da Nexcore Tecnologia, Ricardo Zanlorenzi.

Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), de 2019 a 2024 seria necessário, em média, contratar 70 mil pessoas por ano no Brasil para suprir as necessidades deste mercado. Mas os cursos superiores de TI estão formando apenas 46 mil todos os anos, o que explica a alta demanda e bons salários.

Mas tal situação traz outros problemas ao setor, como empresas exigindo conhecimentos avançados dos desenvolvedores mesmo em posições júnior; excesso de trabalho sem o devido aumento de salário; falta de motivação; e muito trabalho perdido, com páginas de linhas de código muitas vezes jogadas fora e recomeçadas quase do zero.

Fonte: IDC

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu