Carteira de criptomoedas Bitfy recebe aporte de R$ 13,3 milhões

A Bitfy, carteira brasileira de criptomoedas que dá a custódia dos ativos ao cliente, anunciou um aporte do tipo série A (para alavancar a empresa) de R$ 13,3 milhões. A rodada foi liderada pela investidora americana Borderless Capital com participação de Algorand, Dash Investment Foundation e investidores-anjos dos EUA.

O aporte deu à Bitfy o valor de mercado de R$ 120 milhões, segundo a empresa. O dinheiro será usado para investir em novas tecnologias, contratar mais funcionários, iniciativas para conquistar novos clientes e melhorar as estratégias de comunicação.

Além de armazenar Bitcoins e outras criptomoedas no celular, o app da Bitfy oferece as chaves privadas dos ativos ao cliente. Permite compra e venda de moedas ou mesmo usá-las em pagamentos via código de barras ou terminais da Cielo. Também é possível resgatar na plataforma vouchers de lojas de mais de 70 parceiros, como iFood, Evino, Rappi, Outback, Netshoes e McDonalds.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Algumas das criptomoedas do portfólio da Bitfy são a Bitcoin ea Ethereum (Imagems: Pixabay)

Algumas das criptomoedas do portfólio da empresa são a Bitcoin, a Ethereum (Ether), a Celo Dólares (cUSD), a XRP (Ripple), Cardano (ADA), a Polkadot (DOT), a Solana (SOL) e a Dash (DASH).

Fundada em dezembro de 2019 e com operação iniciada em janeiro de 2020, a Bitfy foi criada em São Paulo pelo desenvolvedor Lucas Schoch, que também é CEO da empresa. A empresa tem a intenção de democratizar o uso das criptomoedas no Brasil e tentar trazer novos entusiastas de forma simples e segura.

“Esse investimento chegou para impulsionarmos a democratização desse ecossistema, ainda tão obscuro para grande parte das pessoas. Nosso objetivo é levar conhecimento a todos para que adquiram confiança em lidar com as criptomoedas, oferecendo aos usuários total autonomia na sua carteira e transformando o mindset de que é preciso manter seu dinheiro em uma corretora”, relata Schoch.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu