Cientistas criam aço inoxidável capaz de inativar o coronavírus

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Hong Kong desenvolveu, recentemente, um material capaz de inativar o coronavírus em cerca de seis horas. Para alcançar esse potencial antiviral, os autores do estudo — que foi publicado em novembro na revista científica Chemical Engineering Journal — utilizaram pó de cobre e pó de óxido de prata em nanoescala misturados com pó de aço inoxidável.

Os pesquisadores acreditam que o grande segredo para a resposta antiviral do material está no cobre e na prata por serem dois elementos antibacterianos inorgânicos e populares. A prata e o cobre têm recursos antibacterianos e antivirais de amplo espectro e baixa toxicidade para células animais. São aditivos comumente usados ​​para preparar materiais antibacterianos.

O grupo observou regularmente culturas que continham uma variedade de patógenos como o coronavírus, Escherichia coli (uma bactéria que ataca o intestino) e H1N1 (o vírus da influenza A), e constatou que o material teve um alto efeito de inativação nos patógenos. Segundo o artigo, as propriedades antimicrobianas da mistura são eficazes a longo prazo, mantendo seu efeito sobre uma ampla gama de patógenos mesmo que o material seja continuamente danificado durante o uso.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Cientistas criam aço inoxidável capaz de inativar o coronavírus (Imagem: Ming-yan et al, 2021)

A ideia é que o material possa vir a reduzir significativamente o custo de desinfecção de áreas de transporte público, como aeroportos e estações de trem, além de áreas de lazer, como cinemas e estádios. Atualmente, os pesquisadores buscam cooperação com a indústria para continuar a testar a aplicação do material na substituição de botões de elevadores, maçanetas e corrimãos.

Fonte: Chemical Engineering Journal

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu