Como monetizar o seu canal do YouTube

Descobrir como monetizar o seu canal do YouTube é o próximo passo para criadores de conteúdo que querem se tornar parceiros da plataforma. Como parceiro do YouTube, seu canal será elegível para gerar receita em lives e vídeos, ou seja, você pode começar a ganhar dinheiro criando conteúdo. No entanto, existem alguns requisitos que os criadores precisam seguir. Confira nas próximas linhas!

Como funciona o Programa de parceiros do YouTube

Para se tornar parceiro e ganhar dinheiro criando vídeos no YouTube, primeiro é essencial estar de acordo com as políticas de monetização de canais. Lá a plataforma mostra quais critérios são analisados pelo YouTube para liberar a monetização:

Essa avaliação é realizada para verificar se seus conteúdos correspondem as políticas do YouTube, afinal, a plataforma não oferece monetização para spams, práticas enganosas e conteúdo sensível. Você pode conferir mais detalhes sobre as políticas de comunidade clicando aqui.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Requisitos para ativar a monetização no seu canal

Você pode enviar uma solicitação de monetização para análise através do painel de criador do YouTube Studio (Web). Para isso, basta acessar a aba “Monetização” e clicar em “Enviar solicitação de análise”. Seu canal ficará elegível para análise quando ele atingir esses requisitos:

Quais são os métodos de monetização do YouTube?

Existem muitas maneiras de ganhar dinheiro com o programa de parcerias do YouTube. Esses são os principais métodos de monetização que você pode receber por produzir conteúdos:

  • Receita de publicidade: nessa modalidade você recebe dinheiro através de anúncios exibidos em vídeo;
  • Clubes de canais: essa função permite que seus inscritos se tornem membros através de uma assinatura mensal para apoiar a criação de conteúdo em troca de benefícios especiais oferecidos por você;
  • Super Chat e Super Stickers: nessa modalidade os fãs podem mandar contribuições e mensagens que ficam em destaque no chat das suas transmissões ao vivo;
  • Estante de produtos do canal: também é possível adicionar lojas e produtos oficiais do seu canal, essa opção fica disponível nas suas páginas de exibição para direcionar os inscritos;
  • Receita do YouTube Premium: os criadores recebem uma parte da taxa de assinatura de um usuário Premium quando eles assistem seus conteúdos.

Como ativar a monetização em vídeos do seu canal

Com a solicitação aprovada, você só precisa vincular seu canal do YouTube ao Google AdSense (Web). Essa plataforma, é um painel onde todo o lucro que você consegue com o YouTube é transferido. Nesse painel, você pode cadastrar um banco que faça a conversão do valor em dólar para receber a receita gerada pelo seu conteúdo.

Você pode calcular uma estimativa de ganhos no site do Google Ads (Captura de tela: Canaltech/Felipe Freitas)

Fundo de recompensa do YouTube Shorts

Também temos uma novidade: a fim de incentivar os criadores a usarem a nova ferramenta YouTube Shorts, a plataforma criou um fundo de recompensa que distribuirá dinheiro para criadores que estão publicando vídeos curtos originais, criativos e incríveis para a comunidade. Você pode conferir mais detalhes clicando aqui.

Com essas dicas fica mais fácil de começar a monetizar seu canal no YouTube. Afinal, além de criar vídeos sobre o que você gosta, também é ótimo ganhar dinheiro criando conteúdo na plataforma. Gostou dessa matéria? Compartilhe essas dicas com seus amigos.

Fonte: YouTube (1, 2, 3, 4

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu