Elon Musk é eleito a Personalidade do Ano de 2021 pela revista Time

A revista Time elegeu o empreendedor Elon Musk, dono da empresa aeroespacial SpaceX e da montaadora de carros elétricos Tesla, como a Personalidade do Ano de 2021. O sul-africano, hoje o homem mais rico do mundo, foi exaltado pela publicação por diversos motivos, como sua incessante busca por inovações para as próximas décadas e a capacidade de criar tensão nos mercados financeiros com suas declarações.

Musk ganhou ares megalomaníacos de Molly Ball, Jeffrey Kluger e Alejandro de la Garza, o trio que assina o artigo sobre ele na Time. “Com um movimento de dedo seu, o mercado de ações sobe ou desmaia. Um exército de devotos se agarra a cada declaração dele. Ele sonha com Marte enquanto supera a Terra, de queixo quadrado e indomável”, diz o texto, que também abre espaço para críticas e ironias às excentridades do empresário.

“Ultimamente, Elon Musk também gosta de tuitar seus cocôs ao vivo. ‘Apenas deixando alguns amigos na piscina’, informou o zilionário de 50 anos a seus 66 milhões de seguidores no Twitter na noite de 29 de novembro, tendo previamente avisado que pelo menos metade de seus tuítes foram ‘feitos em um trono de porcelana'”, aponta o texto.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Segundo a Forbes, Musk acumula atualmente US$ 265,4 bilhões (R$ 1,46 trilhão), um pouco à frente de seu rival na corrida espacial, Jeff Bezos (US$ 198,3 bilhões, ou R$ 1,09 trilhão). Fortuna à parte, o sul-africano teve um bom ano de fato.

Veja alguns pontos altos:

  • Em abril, a SpaceX ganhou a concorrência aberta pela NASA para enviar astronautas americanos à Lua pela primeira vez desde 1972, quando aconteceu a missão Apollo 17;
  • No mês seguinte, foi o anfitrião do icônico programa de TV Saturday Night Live;
  • Em setembro, a SpaceX fez a primeira viagem espacial da história a contar apenas com pessoas comuns a bordo de uma nave, sem nenhum astronauta profissional;
  • Em outubro, a empresa de aluguel de carros Hertz fechou um negócio com a Tesla para a compra de 100 mil carros da fabricante;
  • Fora a Starlink, sua constelação de internet via satélite, que já opera nos EUA há mais de um ano em caráter de testes.

Interesses e ambições de Musk são altos

O executivo tem negócios e pesquisas em energia solar, criptomoedas, robótica, implantes cérebro-computador, carros elétricos e túneis subterrâneos para melhorar o transporte público. Busca o progresso com energia limpa e almeja chegar ao planeta Marte para colonizá-lo. Mas como se sabe, o nome Elon Musk rendeu muita polêmica também.

Autoridades dos Estados Unidos também abriram investigação em agosto para identificar por que o piloto automático dos carros da Tesla não consegue identificar veículos parados nas estradas, o que é uma falha grave do sistema. Em outubro, um juiz do Tribunal Federal de São Francisco ordenou o pagamento de US$ 136,9 milhões (R$ 757 milhões, na conversão atual) como indenização a um funcionário negro que acusou a montadora de ignorar o abuso racial.

Houve as declarações de Musk falando bem ou mal de certas criptomoedas, o que causou ansiedade nos investidores; e a venda de cerca de US$ 5 bilhões (R$ 28,5 bilhões) em ações da Tesla por causa de complicações com o fisco americano. Sem falar que o empresário não é conhecido pelo bom trato com as pessoas. Como relembra o artigo da Time:

O pedágio que seu estilo de condução dura assume na equipe é lendário. Ex-associados descreveram Musk como mesquinho, cruel e petulante, particularmente quando frustrado ou desafiado. Ele recentemente se separou do músico experimental Grimes, a mãe de seu sétimo filho. ‘Ele é um selvagem quando se trata de negócios, mas seu dom não é a empatia com as pessoas’, diz seu irmão e parceiro de negócios Kimbal Musk. Durante a pandemia COVID-19, ele fez declarações minimizando o vírus, quebrou as normas locais de saúde para manter suas fábricas funcionando e ampliou o ceticismo sobre a segurança das vacinas

Capa da Time com Elon Musk (Imagem: Divulgação/Time)

À parte de todo o bem e mail que causa no mundo, Musk segue uma figura popular e bizarra em um de seus hobbies favoritos: o Twitter. À moda de Donald Trump, usa a rede social como sua principal plataforma de comunicação, onde alegra fãs e irrita críticos com sua linguagem despachada, às vezes até chula, como vimos nos tuites sobre suas fezes.

“Seu amigo de longa data Bill Lee, que acha seus memes e trollagem ‘encantadores’, diz que foi ele quem convenceu Musk a se juntar ao Twitter. ‘Lembro-me de quando ele não tinha seguidores’, lembra Lee. “Ele é provavelmente o influenciador social mais viral de todos os tempos.”

Fonte: Time

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu