Escudo do Capitão América é usado de forma inusitada em nova HQ

O escudo de vibranium do Capitão América é um dos itens mais icônicos dos quadrinhos, o que faz com que a Marvel vez ou outra introduza algumas novidades em seu uso. A mais recente desses diferentes manejos foi apresentado em Fantastic Four #40, e tem conexões com um futuro alternativo da Casa das Ideias.

Em Fantastic Four #40, Reed Richards obteve a habilidade de enxergar a existência como um Vigia, o que significa que o herói tem agora conhecimento do passado, presente e futuro do universo Marvel.

O momento em que Justiça utiliza o escudo do Capitão América. (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

Reed está utilizando esse poder para comandar os heróis da Terra durante a Reckoning War, que já chegou no planeta por meio de um ataque dos alienígenas Badoon. No meio do conflito, o patriarca do Quarteto Fantástico pede para o Capitão América jogar seu escudo para Justiça, um jovem campeão da Marvel.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Justice é a identidade secreta de Vance Astrovik, um mutante da Marvel que teve seus poderes despertados após ser visitado por Major Vitória, sua versão de um futuro alternativo da editora em que ele ficou em animação suspensa durante mil anos, despertando nos anos 3000.

Major Vitória, membro dos Guardiões da Galáxia de 3007. (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

Em 3007, Major Vitória é membro dos Guardiões da Galáxia, e participou de um crítico conflito contra os Badoon na Terra. Durante o embate, o herói encontrou o escudo do Capitão América — momento que virou um ponto de virada da Guerra e fez a equipe de campeões cósmicos vencer o conflito.

O uso do escudo por Major Vitória se tornou uma fobia extremamente forte dos Badoon, que atravessou espaço e tempo do Universo Marvel e se enraizou na versão da raça que está atacando à Terra principal da editora no evento Reckoning War. Com isso, mesmo que Justiça seja uma variante do algoz dos extraterrestres, a visão dele com a arma do Capitão América foi o suficiente para mudar o ritmo do confronto.

A partir desse momento, Fantastic Four #40 coloca no escudo do Capitão América um novo símbolo — mesmo que a origem desse significado seja de uma linha do tempo alternativa. E, neste processo, a edição também provou mais uma vez que a arma do Sentinela da Liberdade continua sendo um ícone de esperança no Universo Marvel.

Fonte: ScreenRant

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu