Fiat Pulse x Volkswagen Nivus: qual o melhor?

O duelo entre Fiat Pulse e Volkswagen Nivus é um dos mais acirrados do mercado automotivo brasileiro. Dois projetos recentes, altamente modernos e que chegaram para explorar um nicho novo no já saturado segmento de SUVs subcompactos.

Lançado em 2020, o Volkswagen Nivus chegou com a ideia de ser um “smartcar”, já que na época trazia a central multimídia mais avançada do mercado, a VW Play. O carro também se destaca pelos equipamentos que traz consigo, considerados muito avançados para o segmento de entrada, como o piloto automático adaptativo.

Além disso, o bólido alemão pensado no Brasil trouxe um design arrebatador, com uma carroceria em estilo coupé e que aproveitou bem toda a base deixada pelo VW Polo, com o mesmo entre-eixos, motor, câmbio e acerto dinâmico. Uma receita praticamente imbatível.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Já no caso do Fiat Pulse, a montadora italiana demorou, mas finalmente lançou seu primeiro SUV em 2021 e, de modo muito agressivo, já fez dele um dos 10 carros mais vendidos do país no mês de janeiro. Chamado maldosamente de “Argo bombado”, o carro é muito, mas muito mais do que isso.

Nivus ou Pulse: quem vence esse duelo? (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)

Além de trazer uma nova plataforma, o Pulse estreou o espetacular motor 1.0 turbo do grupo Stellantis, que lhe rende 130cv e 21,4 kgf/m de torque. Já nos equipamentos, muita tecnologia embarcada e conectividade, da agora nova melhor central multimídia do mercado, a UConnect.

Diante de dois carros tão bem equipados, surge a dúvida: quem leva a melhor entre Fiat Pulse e Volkswagen Nivus? Pensando nisso, o Canaltech colocou os dois SUVs subcompactos lado a lado e avaliou 7 itens para determinar qual deles vale mais a pena:

  1. Design
  2. Acabamento
  3. Conforto
  4. Desempenho
  5. Conectividade
  6. Segurança
  7. Custo-Benefício

Já a pontuação será do seguinte modo:

  • Vitória: 3 Pontos
  • 2º lugar com pouca desvantagem: 2 pontos
  • 2º lugar absoluto: 1 ponto

7. Design

Por aqui, apesar de o Fiat Pulse ser um carro muito bonito, o VW Nivus leva com alguma tranquilidade.

Estilo coupé do VW Nivus o tornou um dos carros mais bonitos do Brasil (Imagem: Divulgação/Volkswagen)

O desenho do automóvel foi pensado no Brasil e acertou em cheio, com a carroceria em estilo coupé sendo o grande diferencial, além de toda a assinatura da Volkswagen na dianteira e traseira, que é, sim, das mais atraentes do mercado.

  • Vencedor: VW Nivus – 3 Pontos
  • 2º lugar: Fiat Pulse – 1 Ponto

6. Acabamento

Por mais que ambos automóveis usem e abusem do plástico duro em seus painéis e portas, o Fiat Pulse consegue apresentar um ar mais requintado em sua cabine, mitigando um pouco a utilização de um material que não fosse sensível ao toque.

Cabine do Fiat Pulse agrada mais do que a do Nivus (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

A Fiat, desde o Palio, brinca bem com essa ideia de texturas diferenciadas em seus automóveis. Com o Argo isso não foi diferente, o que colocou o hatch compacto como o mais bem acabado até a chegada do novo Honda City.

  • Vencedor: Fiat Pulse – 3 Pontos
  • 2º lugar: VW Nivus – 1 Ponto

5. Conforto

Um dos quesitos mais equilibrados entre os dois. Para definirmos conforto, teremos como base não apenas o espaço interno, mas também o acerto de suspensão, que faz toda a diferença na cidade, sobretudo aquelas com ruas esburacadas.

Apesar de parecer acanhado, o Fiat Pulse traz mais conforto aos seus ocupantes (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Nesse ponto, mesmo tendo um entre-eixos menor (2,53m contra 2,56m), o Fiat Pulse se mostra um carro mais acertado para o mercado brasileiro por trazer bom nível de espaço interno e um ajuste de suspensão que absorve melhor as imperfeições do solo.

Já o Nivus sofre na hora de vencer a buraqueira das cidades por ter um acerto mais voltado para um comportamento mais dinâmico. Não é um defeito, longe disso, mas com dois carros que se apresentam como SUVs, está clara a vantagem para o bólido italiano.

Para o Nivus, a vantagem fica pelo porta-malas, que traz ótimos 415 litros, contra somente 370l do Pulse.

  • Vencedor: Fiat Pulse – 3 Pontos
  • 2º lugar: VW Nivus – 2 Pontos

4. Desempenho

Aqui foi por pouco, mas deu Fiat Pulse. O crossover da Fiat estreou o novo motor 1.0 turbo da Stellantis, que entrega 130cv e 21,4 kgf/m de torque a 1750rpm, o suficiente para fazer o carro ir de 0 a 100 km/h em apenas 9,5 segundos em nossos testes.

Motor mais moderno fez a diferença para o Pulse (Imagem: Divulgação/Stellantis)

Já o Nivus tem o mesmo torque, mas ele chega somente com 2000rpm, além de sua potência ser um pouco menor: 128cv. Em nossos testes, o 0 a 100 km/h foi de 10,1 segundos.

O que pode ter feito a diferença, mesmo o Pulse sendo 38 kgs mais pesado, é o câmbio CVT, que dá ao bólido italiano, ao menos na arrancada, uma perda menor de tempo com troca de marchas — além, é claro, do torque chegar um pouco mais cedo.

  • Vencedor: Fiat Pulse – 3 Pontos
  • 2º lugar: VW Nivus – 2 Pontos

3. Conectividade

Muito embora a VW Play seja uma ótima central multimídia, com loja de aplicativos própria, tela com ótima resolução e interface bem rápida e intuitiva, a comparação com a nova versão da UConnect é injusta por alguns aspectos.

A central multimídia do Fiat Pulse é um dos seus destaques (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

O modelo da Fiat traz espelhamento com Android Auto e Apple CarPlay sem fio, Wi-Fi com 4G nativo, GPS integrado e o sistema Fiat Connect Me, que proporciona ao automóvel uma série de benefícios em conectividade, como monitoramento 24 horas, comandos remotos, delimitador de perímetro no mapa e até conexão com a Amazon Alexa.

  • Vencedor: Fiat Pulse – 3 Pontos
  • 2º lugar: VW Nivus – 2 Pontos

2. Segurança

Ambos os automóveis oferecem o pacote ADAS como item de segurança ativa, englobando recursos como o alerta de colisão frontal e a frenagem automática de emergência. Entretanto, o VW Nivus vai levar esse quesito pelo simples fato de ter, de série, seis airbags — o Pulse tem somente quatro.

O VW Nivus traz seis airbags de série (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

A falha da Fiat se estende porque, além de abrir mão das bolsas de cortina, não oferece esse item nem como opcional de sua versão topo de gama, a Impetus.

  • Vencedor: VW Nivus – 3 Pontos
  • 2º lugar: Fiat Pulse – 1 Ponto

1. Custo-benefício

Na data de publicação deste comparativo, o preço dos modelos topo de gama de Fiat Pulse e VW Nivus é o seguinte:

  • Fiat Pulse Impetus: R$ 127.400
  • VW Nivus Highline: R$ 133.990
O Fiat Pulse tem preços mais competitivos em todas as suas versões (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Esse valor a mais do Nivus sobre o Pulse, que teria como opcional apenas a pintura da carroceria em dois tons, não pode ser justificado por nenhum dos itens acima. Sobretudo se encararmos o fato de que o modelo italiano vence em boa parte das categorias. Desse modo, sem levar em conta outras versões, dá Fiat Pulse.

  • Vencedor: Fiat Pulse – 3 Pontos
  • 2º lugar: VW Nivus – 2 Pontos

Fiat Pulse ou Volkswagen Nivus: qual vale mais a pena?

  1. Fiat Pulse – 17 pontos
  2. VW Nivus – 15 pontos

Tanto Fiat Pulse quanto Volkswagen Nivus são acertos estrondosos de suas respectivas montadoras. Projetos bem pensados e que fogem um pouco da mesmice dos segmentos de entrada, oferecendo estilo, desempenho e tecnologia na medida certa.

Entretanto, por seu preço mais competitivo e um melhor entendimento sobre conectividade, o Fiat Pulse parece ser um produto mais atraente, além de ter um desempenho superior ao rival. O Nivus, por sua vez, é mais bonito e jovial, agradando um público mais jovem e descolado.

E você? Qual dos dois teria?

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também