Fintech Liqi anuncia estreia de sua própria corretora de criptomoedas no Brasil

A Liqi, fintech de ativos digitais em blockchain, acaba de anunciar o lançamento da própria corretora de criptoativos no Brasil, como uma plataforma completa de negociação para investidores. Essa importante novidade vem após o aporte captado de 27,5 milhões de reais, liderado pelo Kinea Investimentos, Corporate Venture Capital do Itaú Unibanco, além da Oliveira Trust e Honey Island Capital, novos sócios da startup.

As negociações vão ao encontro do propósito objetivo da Liqi, que visa movimentar ainda mais o mercado de moedas digitais, levando a tecnologia blockchain às operações tradicionais do mercado financeiro.

Com uma interface intuitiva, a Liqi possuirá todo um sistema que foi pensado com base na acessibilidade do investidor, desde as movimentações simples, até as mais complexas, que permitirá a negociação de cripto e tokens — incluindo o Fit Token 2, que atualmente conta com 72 investidores e valor unitário de R$ 25.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Nesse primeiro momento, a plataforma iniciará a operação com às duas principais criptomoedas do mercado: Bitcoin e Ethereum. Em breve, trará mais novidades ao setor.

O lançamento da corretora acontecerá em 4 de abril, mas neste sábado (26), durante o evento BitSampa, no Expo Center Norte, em São Paulo, a plataforma estará disponível para cadastros. Quem se inscrever na data, ficará sabendo com exclusividade do momento exato do início das negociações da nova frente da Liqi.

O histórico da Liqi

Liqi foi criada em 2021 como uma startup focada em transformar ativos em frações digitais. (Imagem: Divulgação/Sulayman Sanyang/Pixabay)

Fundada em 2021 pelos empresários Daniel Coquieri, Persio Flexa e André Montenegro, a Liqi surgiu com “o propósito de levar tecnologia de ponta e democratização ao setor financeiro tradicional”. Entre seus principais serviços, estão o de transformar ativos e negócios em frações digitais.

“Desde que criamos a Liqi, o propósito é conectar blockchain, tokens e criptomoedas ao mercado tradicional financeiro. Pouco a pouco, fomos conquistando a confiança das pessoas e mostrando do que somos capazes. Prezamos pela segurança e democracia de acesso, essa é a nossa essência. Nosso próximo passo, será trazer as NFT’s e DeFi’s”, explica Daniel Coquieri, CEO da Liqi.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu