Golpes românticos: como reconhecer os sinais de que você está sendo enganado

É inegável que pessoas estão cada vez mais utilizando a internet para se relacionar. A facilidade de aplicativos como o Tinder de fazer pessoas se conhecerem sem sair de casa acabou sendo especialmente efetiva durante a pandemia, mas é sempre bom lembrar que podem existir golpistas nesses ambientes.

Esses problemas, em especial, estão em evidência após a exibição na Netflix do documentário O Golpista do Tinder, que mostra como um fraudador enganou várias mulheres no app. Mas isso acontece com frequência? Segundo Camilo Gutiérrez Amaya, chefe do Laboratório de Pesquisa ESET América Latina, sim.

“Uma coisa é clara: fraude de namoro é um grande negócio. Em oitavo lugar na lista dos tipos de crimes cibernéticos mais relatados nos Estados Unidos, em 2021 os golpes de romance ficaram em segundo lugar em perdas, permitindo que os golpistas arrecadassem mais de US$ 600 milhões (R$ 3 bilhões), um valor que ultrapassou US$ 500 milhões (R$ 2,55 bilhões) em 2020”, afirma o executivo.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Esses golpes, normalmente chamados de catfishing, ocorrem quando o golpista adota personas falsas em sites e aplicativos de namoro, e então vão simulando a construção de uma relação até um ponto em que pedir dinheiro não seja algo fora da realidade para a vítima – e, muitas vezes, as utilizando para lavar dinheiro obtido de outras fraudes.

Em casos extremos, para ter ainda mais controle sobre as vítimas, os golpistas podem até tentar persuadir as vítimas a enviar fotos ou vídeos comprometedores e depois tentar chantageá-los.

Sinais que alguém pode estar tentando aplicar um golpe romântico em você

Tome cuidado com golpes românticos em aplicativos como o Tinder. (Imagem: Reprodução/ Mika Baumeister/Unsplash)

Felizmente, muitos desses golpes seguem um padrão semelhante, segundo a ESET. Compartilhamos a seguir alguns dos sinais que podem indicar essas fraudes:

  • Fazer de conta que vive ou trabalha fora do país em que a vítima se encontra;
  • Alegar estar trabalhando em uma plataforma de petróleo, nas forças armadas ou como médico.
  • Fazer muitas perguntas pessoais à vítima
  • Ser evasivo quando perguntado sobre sua vida.
  • Tentar avançar muito rapidamente no relacionamento e declarar seu ‘amor’ em pouco tempo.
  • Dar desculpas cada vez mais elaboradas para não se ver pessoalmente ou participar de uma videochamada.
  • Geralmente são rápidos em mover a conversa do site ou aplicativo de namoro para um bate-papo privado.
  • Ter fotos de perfil perfeitas.
  • Contar histórias de vida complicadas para argumentar por que eles precisam de dinheiro. Isso geralmente inclui a necessidade de pagar: gastos de viagem; gastos médicos; vistos e documentos de viagem; dívidas de jogo; e taxas alfandegárias aplicadas a itens importados.

Como se proteger de golpes românticos

Além de não aceitar emprestar dinheiro para pessoas desconhecidas, mesmo que uma suposta relação esteja se formando, também é importante pesquisar sobre qualquer pessoa que você conhecer na internet antes de compartilhar intimidades, para ter certeza que não é uma identidade falsa;

“É desnecessário dizer que você nunca deve enviar dinheiro para alguém que não conheceu pessoalmente, abrir novas contas bancárias para eles ou enviar fotos, ou vídeos comprometedores”, aconselha Gutiérrez.

Agora, suspeite que se tornou uma vítima desse golpe, os seguintes passos são recomendados:

  • Corte imediatamente todos os tipos de comunicação com a pessoa;
  • Converse com um amigo ou membro da família para obter uma opinião honesta sobre eles;
  • Se foi pago com vale-presente, entre em contato imediatamente com o fornecedor e verifique se eles podem devolver o dinheiro;
  • Relate o incidente às autoridades de justiça.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu