Intelbras compra Renovigi para se consolidar no setor de energia solar

Para ampliar a geração distribuída de energia limpa e sustentável, a Intelbras acaba de adquirir a catarinense Renovigi Energia Solar. A compra é estratégica: a Intelbras quer se consolidar como referência no segmento de energia solar. A conclusão da transação está sujeita às aprovações exigidas por lei, do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e demais autoridades.

As operações das companhias, assim como suas políticas comerciais e de produtos, continuarão independentes. “A Intelbras traz mais força e robustez ao mercado de energia solar com a união das duas empresas”, aponta Altair Silvestri, CEO da Intelbras.

Segundo ele, haverá maior disponibilidade de produtos no mercado local, o que vai beneficiar toda a cadeia: consumidor final, pequenas, médias e grandes empresas. “A missão da Intelbras é tornar essa tecnologia acessível em todo o Brasil. Isso reforça nossos compromissos ambiental, social e econômico.”

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Intelbras quer se tornar referência no segmento de energia solar (Imagem: Divulgação/Intelbras)

A Renovigi tem matriz em Chapecó (SC), 200 colaboradores e faturamento de R$ 799,5 milhões em 2021. Gustavo Müller Martins e Carlos Tadashi, sócios-fundadores e atuais gestores da empresa, seguem à frente do negócio e como integrantes do Conselho de Administração.

Martins, CEO da Renovigi, conta que a missão da companhia é tornar o mundo mais sustentável. “A soma de sinergias operacionais e o acesso a recursos são fundamentais para o aumento da nossa competitividade e a ampliação da participação no mercado brasileiro”, afirma.

Esta é a segunda grande aquisição da Intelbras desde que a empresa fez sua abertura de capital, há um ano. A primeira foi a compra de 75% da Khomp. Além disso, em 2021, a empresa abriu uma filial em Jaboatão do Guararapes (PE) e, neste ano, vai inaugurar uma unidade em Tubarão (SC).

Mercado de energia solar em expansão

Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), a geração solar distribuída chegou a 9 GW de capacidade instalada no Brasil em 2021. Para a entidade, 2022 pode ser o melhor ano da energia solar no país desde 2012.

Atualmente, o Brasil tem mais de 828 mil sistemas solares fotovoltaicos conectados. Desde 2012, houve mais de R$ 48 bilhões em investimentos e a geração de cerca de 270 mil empregos. “Esses números são indicadores de que ainda há espaço para crescimento. A aquisição da Renovigi proporciona mais capilaridade ao negócio, o que vai contribuir para a geração de empregos e a criação de oportunidades para todo o canal”, avalia Silvestri.

A Absolar estima que a geração própria de energia solar deve continuar a crescer e praticamente dobrar sua potência operacional instalada. Os incentivos para isso são o marco legal da micro e minigeração distribuída e os constantes aumentos nas tarifas de energia elétrica em razão da crise hídrica.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu