Jovem de 19 anos descobre falha que permite controlar carros Tesla remotamente

David Colombo, um especialista de segurança virtual de 19 anos da Alemanha, relatou em seu perfil no Twitter na última segunda-feira (10) que descobriu uma vulnerabilidade em carros Tesla que permite o controle de funcionalidades dos veículos por invasores remotos. O jovem afirma já ter comunicado a empresa de Elon Musk sobre o problema.

O especialista afirma que ele descobriu um método para desativar a ferramenta de segurança Sentry Mode (Modo Sentinela, em tradução livre) de carros da Tesla, função que usa as várias câmeras dos veículos para observar possíveis situações de risco ou de invasão.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

De acordo com Colombo, graças a descoberta, ele conseguiu controlar mais de 20 Teslas em 10 países diferentes a partir da falha, mas não consegue obter informações sobre os donos dos veículos afetados — o que o impediu de comunicar o problema diretamente para eles.

Além disso, Colombo afirma ter conseguido ligar os carros remotamente, através da função Keyless Driving (Dirigir sem Chave, em tradução livre). O jovem ainda afirma ser impossível dirigir os carros por meio deste exploit — mas que mesmo assim o problema pode apresentar perigos para os usuários, com abertura das portas com o automóvel em movimento ou ligar o rádio no volume máximo do nada, podendo causar sustos e acidentes de trânsito.

Colombo ainda afirma que a vulnerabilidade não é culpa da infraestrutura da Tesla em seus veículos, mas sim de problemas causados pelos donos dos carros. Por fim, o jovem especialista comentou que mais detalhes sobre a falha serão divulgados após a distribuição pública do relatório que ele está fazendo.

Tesla já foi avisada sobre perigos em potencial

Colombo, através de seu Twitter, confirmou ter avisado a Tesla sobre o problema, e que a empresa de Elon Musk já está estudando a questão. Oficialmente, porém, a fabricante de veículos elétricos ainda não emitiu nenhum comunicado sobre a descoberta do jovem pesquisador até o fechamento desta matéria.

Fonte: Bloomberg

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu