Lista traz as 10 URLs maliciosas mais utilizadas no mundo em fevereiro

A ISH Tecnologia, empresa nacional de cibersegurança, divulgou o relatório mensal em que aponta as principais vulnerabilidades e ameaças digitais encontradas pela sua equipe de pesquisa e avaliação de riscos no mês de fevereiro. Entre os destaques, estão o ransomware BlackByte e endereços da web (URLs) maliciosos mais utilizados em variados crimes virtuais.

O malware de sequestro virtual mais recorrente em fevereiro é o BlackByte, que atua como um Ransomware como serviço (RaaS), isto é, aluga sua infraestrutura para cibercriminosos em troca de uma porcentagem do valor do resgate. Seu surgimento se deu em julho de 2021, em ataques á setores de Saúde e Indústria dos Estados Unidos, Europa e Austrália.

Muitas vítimas relataram que o grupo usa a vulnerabilidade ProxyShell do Microsoft Exchange Server como meio de obter acesso às redes das vítimas, tornando a principal forma de mitigação da ameaça a atualização do software da empresa fundada por Bill Gates.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

URLs maliciosas também em incidência

O relatório da ISH também traz os dez endereços de site mais utilizados por cibercriminosos para aplicação de golpes. Eles podem estar escondidos em e-mails ou em redirecionamentos de links, e devem ser evitados de imediato.

Confira eles a seguir:

  • rodapremiada.top
  • donttbeevils.de
  • yfilesstorage.com
  • tawuhoju.com
  • disponiveldocumentosvirtuais
  • brazilsouth.cloudapp.azure.com
  • rowusualinvent.top
  • getfileasap.com
  • evolutionpapers.com
  • kingsettlelay.top
  • hieronymus-juv.com

Essas URLs, quando acessadas, podem levar tanto os usuários para tentativas de phishing quanto também pode tentar infectar o computador ou smartphone com ameaças virtuais. Para se proteger melhor contra esse tipo de golpe, o ideal é sempre estar com o antivírus ativo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu