Maçã compra startup bancária que pode ajudá-la a ampliar Apple Card

A Apple adquiriu a Credit Kudos, uma startup de open banking do Reino Unido que busca ajudar os credores a tomar melhores decisões. Embora as motivações para o negócio não sejam claras, o site Macrumors especula que a tecnologia da fintech possa ajudar a Apple com o lançamento do Apple Card no Reino Unido. A empresa costuma adquirir startups inovadoras para incrementar seus próprios serviços.

A Credit Kudos é dona de um software que usa os dados bancários dos consumidores para fazer verificações de crédito mais consolidadas em resposta a pedidos de empréstimos. Algo que seria útil no Apple Card, disponível por ora só nos EUA. Mas a startup de open banking poderia ajudar a entrada do cartão no Reino Unido, que é considerado um dos mercados mais importantes para a Apple.

O site The Block diz ter ouvido três fontes próximas das duas empresas que teriam confirmado o fechamento do acordo no início desta semana. Uma das fontes valorizou a startup em cerca de US$ 150 milhões (R$ 766 milhões). Outro indício do acordo é que um link chamado “Termos de Uso do Site” no site do Credit Kudos atualmente leva a uma página dos termos de uso da Apple. As duas empresas foram procuradas pelo site, mas não responderam até a publicação da nota.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Apple Card está disponível por ora só nos EUA, mas Reino Unido é potencial mercado (Imagem: Divulgação/Apple)

A Credit Kudos levantou dinheiro pela última vez em abril de 2020, no início da pandemia de covid-19, em uma rodada série A que obteve 5 milhões de libras (cerca de R_jobs(data.conteudo)nbsp;31 milhões na cotação atual). O fundo AlbionVC liderou o investimento, seguido de Triple Point, Plug and Play Ventures, Ascension Ventures’s Fair by Design fund, Entrepreneur First e apoiadores anjo.

Segundo a CNBC, a fintech é hoje considerada uma rival de grandes agências de crédito, como Equifax, Experian e TransUnion. O acordo pode ter grandes implicações para alguns dos clientes da Credit Kudos, como a fintech Curve e Fronted, com sede em Londres.

O acordo também é um sinal da grande valorização a startups de open banking; outro exemplo é que a Plaid, do Vale do Silício dos EUA, foi avaliada em US$ 13,4 bilhões em uma rodada de financiamento no ano passado. Ela já havia concordado em ser comprada pela Visa, mas cancelou esses planos após um processo antitruste do governo dos EUA.

Fonte: The Block, CNBC, Macrumors

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu