Maior segredo do Universo Marvel é revelado em nova saga do Quarteto Fantástico

Grandes sagas são comuns no mundo dos quadrinhos, trazendo eventos extremamente impactantes para os heróis afetadoras em tentativas de manter o interesse dos leitores nos títulos. Mas talvez poucos mega arcos mudem tanto as HQs como a Reckoning War pode estar se preparando para fazer com a Marvel.

Aviso: spoilers a seguir!

Reckoning War é um evento há muito citado nas HQs da Marvel, com seu autor principal, Dan Slott, afirmando em entrevistas que está preparando o terreno da saga há 15 anos, em todos os títulos da editora que ele trabalhou. E em 2022 finalmente veremos a trama, com a primeira edição relacionada dela, Fantastic Four: Reckoning War Alpha #1, revista lançada na última semana de janeiro nos EUA, começando a mostrar as peças principais da narrativa do arco.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A primeira informação relevante mostrada na revista é que, assim como o título indica, o arco é focado no Quarto Fantástico, e que a saga irá explorar o segredo do primeiro grande conflito do Universo Marvel, que ocorreu pouco após a criação da realidade e envolveu os Vigias.

De acorodo com as (poucas) informações sobre Reckoning War reveladas nos últimos anos, os Vigias haviam entrado em conflito com uma raça que utilizou a inteligência e a tecnologia de monitores cósmicos para criar armas de destruição em massa. O impacto do conflito foi tão grande que, após seu fim, a raça dos Vigias fez seu juramento de não interferir em conflitos do universo.

Mas Fantastic Four: Reckoning War Alpha #1 finalmente revela detalhes além dos previamente conhecidos, com a introdução dos habitantes do planeta Prosilicus, que são a raça que entraram em conflito com os Vigias no começo do universo — mas a batalha foi tão intensa que os monitores cósmicos precisaram da ajuda de todas as outras formas de vida que existiam na época.

Cena de Fantastic Four: Reckoning War Alpha #1. (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

No último momento da guerra, um dos envolvidos (ainda não detalhado) utilizou uma arma final, que liberou no universo uma quantidade mortal de energias cósmicas que matava tudo que entrava em contato. No total, 90% da existência foram exterminados por conta dessa tragédia, que só foi impedida após os Vigias criarem barreiras protetoras nos locais que ainda não haviam sido atingidos.

O resto do universo, que havia sido tocado pela arma fatal, se tornou uma espécie de ambiente pós-apocalíptico e tóxico onde ninguém poderia sobreviver. Mas conforme mostrado em Fantastic Four: Reckoning War Alpha #1, o imperador do planeta Prosilicus sobreviveu todos esses bilhões de anos, e está pronto para se vingar dos Vigias.

Como é comum na maioria das primeiras edições de grandes sagas, Fantastic Four: Reckoning War #1 serve mais para explicar a narrativa básica e colocar as peças em jogo. Mas, considerando que os vilões se tratam de algo que, para serem detidos, foi necessária a extinção de 90% do Universo Marvel de bilhões de anos atrás, é possível que estejamos presenciando um dos momentos mais complicados dos heróis da Casa das Ideias.

Fonte: ScreenRant

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu