Microsoft facilita a troca de navegador padrão no Windows 11, mas há um porém

A Microsoft lançou uma atualização para o Windows 11 que conta com uma longa lista de melhorias e mudanças, como o suporte para notificações de alta prioridade. Uma das principais adições, contudo, é a capacidade de definir seu navegador padrão com um clique único, muito mais simples que o modelo anterior.

A Build 22000.593 dispensa o passo a passo longo de antigamente, com a necessidade de configurar individualmente como o sistema vai lidar com cada tipo de arquivo ou link para o navegador. Em alguns casos, era preciso repetir o processo até nove vezes se você quisesse trocar o Edge pelo Chrome em definitivo.

O modelo foi reformulado e agora o usuário pode definir qualquer navegador como padrão de modo único. Se preferir usar programas diferentes para arquivos específicos é que será preciso ter um pouco mais de trabalho. Assim, pode-se definir o Chrome como software ideal para acessar sites, o Edge como visualizador de PDFs, por exemplo.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Este recurso também pode ser utilizado para quem deseja trocar outros tipos de softwares padrão no Windows, como reprodutor de vídeos, tocador de músicas e leitor de RSS. Não existe, contudo, um botão para simplificar tudo com um clique único como no caso dos navegadores.

Como trocar o navegador padrão do Windows 11

Para isso, é só seguir este caminho:

  1. Abra o aplicativo Configurações;
  2. Clique em Aplicativos e localize “Aplicativos padrão”;
  3. Selecione o navegador desejado;
  4. Logo no topo, haverá uma opção para definir o programa como padrão
Configurar seu navegador padrão ficou mais fácil no Windows 11 (Imagem: Captura de tela/Alveni Lisboa/Canaltech)

Quando a pessoa clica no botão “Definir padrão”, o Windows 11 automaticamente substitui as entradas mais comuns de execução de arquivos em navegadores, como HTML, HTM, HTTP, HTTPS e Webp. Essa mudança é suficiente para executar quase tudo no seu programa favorito, mas não altera 100% das opções.

Porém, o sistema operacional ainda mantém o Edge como o principal software para executar extensões SVG, XHT, XHTML e FTP, portanto ainda é preciso trocar manualmente se quiser centralizar tudo em um navegador alternativo. Mesmo assim, não dá para negar ser tudo muito mais simples do que antes.

A atualização recente do Windows 11 também trouxe as seguintes mudanças:

  • Exibe até três notificações de notificação de alta prioridade simultaneamente;
  • Resolve um problema que desativava a inicialização automática para aplicativos da Plataforma Universal do Windows (UWP) depois de atualizar o sistema operacional;
  • Corrige o problema que poderia fazer com que um arquivo do OneDrive precisasse ser selecionado novamente após renomeá-lo;
  • Retorna a página Configurações certa quando se pesquisa a palavra widgets.

Se você ainda não atualizou seu Windows 11, pode fazê-lo por intermédio do aplicativo Configurações do Windows 11. Quem preferir pode baixar externamente um arquivo no catálogo Microsoft Update.

Fonte: Microsoft

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu