Novo aumento de preço faz Hyundai HB20 ultrapassar os R$ 100 mil

A Hyundai parece ter gostado do que a Volkswagen fez na última semana com três de seus modelos mais “populares” e também anunciou que aumentou os preços de toda a linha HB20, tanto do hatch quanto do sedã.

Os aumentos variaram entre R$ 600 e R$ 3,1 mil e foram suficientes para fazer a versão topo de linha do carro mais vendido no Brasil em setembro ultrapassar a barreira dos R$ 100 mil. O modelo em questão é o HB20 Platinum Plus, que hoje parte de R$ 100.290, segundo a nova tabela de preços da montadora sul-coreana.

Os demais membros da família do hatch também sofreram alterações. O HB20 Sense, versão de entrada da Hyundai, passou de R$ 66.790 para R$ 67.390. A Vision também ficou R$ 600 mais cara e hoje parte de R$ 70.590, enquanto a Evolution não é mais encontrada por menos de R$ 74.790.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Ainda em relação aos hatches, os aumentos nos modelos mais premium, com motor turbo, foram ainda maiores. O Platinum agora é vendido por R$ 85.890, chegando a R$ 92.090 na variante com câmbio automático. O Sport, por sua vez, está abaixo apenas do já citado Platinum Plus e custa R$ 96.190.

HB20 sedã aumentou preços e modelo mais caro passa de R$ 103 mil (Imagem: Divulgação/Hyundai)

HB20S chega a R$ 103.690

Os modelos sedã do HB20 também sofreram reajustes e colocaram uma versão acima da casa dos R$ 100 mil. A mais cara, HB20S Platinum Plus, teve alta de R$ 3 mil e hoje custa a partir de R$ 103.690.

Além dela, outras variantes sofreram reajustes e ficaram com os seguintes preços:

  • HB20S: R$ 75.090;
  • HB20S Evolution: R$ 79.190;
  • HB20S Platinum (turbo): R$ 89.790 (manual) e R$ 96.090 (automático).

Fonte: Motor1

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também