Ônibus 100% elétrico da BYD passa em testes para rodar em São Paulo

A cidade de São Paulo terá, em breve, ônibus articulados 100% elétricos da montadora chinesa BYD circulando por suas ruas. A SPTrans, gerenciadora de transportes da capital, informou que o veículo passou nos testes previstos nos Manuais de Padrões Técnicos do órgão.

Em comunicado oficial, a BYD revelou que o modelo D11B, com chassi fabricado em Campinas, foi aprovado nos requisitos de frenagem, tempo de carga do sistema pneumático, aceleração e outros pontos que dizem respeito ao desempenho.

“O ônibus superarticulado da BYD passou por vários pontos da cidade de São Paulo, sendo testado em ruas com padrões de aclive exigidos pela SPTrans. Um grande passo para atender a cidade de São Paulo, onde a BYD já tem 18 ônibus elétricos no modelo padron circulando na região sul. A BYD é pioneira no Brasil na entrega de ônibus elétricos e estamos prontos agora para atender o mercado com o modelo articulado seguindo os padrões de segurança, conforto e sustentabilidade”, afirmou Marcello Von Schneider, Diretor Institucional e Head da divisão de ônibus da BYD Brasil.

O D11B é totalmente movido a baterias e tem emissão zero, ou seja, não emite qualquer tipo de poluente ou ruído durante sua circulação. O ônibus 100% elétrico da BYD tem baterias de fosfato ferro lítio (LifePO4) com autonomia para rodar até 250 quilômetros com uma carga completa. O tempo de recarga média é de até 3 horas (de 0% a 100%), segundo a marca.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Ônibus articulados e 100% elétricos rodarão pela capital (Imagem: Divulgação/BYD)

Ônibus 100% elétrico é “limpo”

De acordo com o material da BYD, o D11B tem uma série de vantagens em relação aos concorrentes que já rodam pela cidade de São Paulo.

Entre os principais diferenciais, os pontos destacados foram os seguintes:

  • Os ônibus articulados 100% elétricos são grandes aliados na redução de poluentes locais e de gases que causam efeito estufa, além de baixa emissão de ruídos;
  • Cada ônibus elétrico em circulação representa em média o plantio de 750 árvores por ano;
  • O ônibus BYD usam bateria de ferro-lítio. Na aplicação veicular dura 15 anos e não possui metais pesados na composição;
  • O custo médio para abastecer baterias elétricas pode chegar a ser 64% menos do que o gasto com combustível a diesel.

Economia e longevidade

Outros pontos levantados foram em relação ao abastecimento e ao tempo de vida dos ônibus elétricos da BYD.

Segundo a chinesa, para abastecer um ônibus a diesel, o gasto pode chegar a R$ 18 mil por mês para rodar toda a linha. Se esse ônibus for elétrico, o custo cai para R$ 3 mil na mesma linha.

A vida útil dos ônibus elétricos chega a 15 anos, enquanto os ônibus a diesel chegam a 10 anos, com média de 5 anos.

Fonte: BYD

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu