Os Caras Malvados │ Animação da DreamWorks terá nova tecnologia da Lenovo

A nova animação da DreamWorks, Os Caras Malvados, estreia no Brasil nesta quinta-feira (17) com uma novidade fora das telas que vai impactar diretamente naquilo que o público vai encontrar quando for aos cinemas. Isso porque o longa é o primeiro fruto de uma parceria entre o estúdio e a Lenovo que, na prática, mexe com a dinâmica da produção desse tipo de conteúdo.

De acordo com a vice-presidente sênior de Comunicações Tecnológicas e Alianças Estratégicas da DreamWorks, Kate Swanborg, o filme que conta a história de um grupo de vilões animais que precisam provar que podem ser bons se aproveita de um novo data center instalado pela Lenovo que deu mais agilidade ao processo de animação.

Animação teve suporte dos novos servidores que fizeram a renderização muito mais veloz (Imagem: Divulgação/DreamWorks)

O resultado, segundo ela, vai ser percebido pelo público quando se deparar com um filme muito mais inventivo e criativo do que qualquer outro que o estúdio já apresentou antes. “Os ângulos, as câmeras e a maneira como fizemos as filmagens é única e exclusiva”, conta a executiva.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

“E nós conseguimos explorar algumas formas novas de filmar essas imagens porque os servidores eram mais rápidos, o que permitia aos artistas terem interações mais velozes durante o processo de animação”.

A grande novidade em questão está nesse data center equipado com um cluster HPC com Neptune Liquid Cooling, que basicamente deu nova vida ao antigo servidor de 22 anos usado pela Dreamworks. Resfriado a água, o novo sistema deu sobrevida à infraestrutura e o tornou bem mais eficiente e veloz.

20% mais rápido

Como conta a própria Swanborg, a diferença foi sentida já durante a produção de Os Caras Malvados, quando os animadores perceberam um ganho de 20% em velocidade de computação. “Além disso, eles têm mais memória por núcleo, o que nos ajuda muito com parte da produção”, diz.

Filme chega aos cinemas nesta quinta-feira, 17 de março (Imagem: Divulgação/DreamWorks)

A executiva detalha como isso se dá na prática. Segundo ela, um filme em animação exige muita memória para compor uma única cena, principalmente quando há muitos elementos na tela. “Nesses momentos, precisamos de muita potência, porque todos os modelos e todos os esqueletos cinemáticos inversos estão lá, o cabelo, a roupa — tudo”, revela.

E é essa grande quantidade de informação que requer esse caminhão de memória para poder ser processada durante os processos de animação e de renderização. Assim, com a adoção da tecnologia da Lenovo, a DreamWorks diz ter percebido um ganho de velocidade em todas essas etapas, já que os servidores passaram a lidar com esse mar de informações de forma mais veloz.

Novos servidores devem se manter sem necessidade de atualização pelos próximos 10 anos, diz DreamWorks (Imagem: Divulgação/DreamWorks)

Assim, durante a produção de Os Caras Malvados, os artistas renderizavam as imagens muito mais rápido, o que dava a eles mais tempo de trabalhar mais e refinar outras etapas do processo, seja na interação dos personagens com o ambiente à sua volta como a própria oportunidade de mostrar aos diretores mais opções de como compor uma única cena.

É por isso que, para Swanborg, a nova animação é tão diferente de tudo o que a DreamWorks já fez antes. “Quando vocês assistirem, vão ver que esse é um filme muito inovador”.

Próximos passos

Só que a parceria entre o estúdio e a Lenovo não vai se limitar apenas a Os Caras Malvados. A expectativa da DreamWorks é que a atualização dos servidores com o Neptune permita que a infraestrutura seja utilizada por até dez anos sem precisar de grandes mudanças.

“Eles foram tão bem projetados que conseguiremos atualizá-los regularmente, se for preciso, sem alterar a infraestrutura em torno”, explica. “Essa é uma maneira de mantermos nosso data center sempre novo e preparado para o futuro por anos”.

Estúdio já anunicou a adoção de novas estações de trabalho (Imagem: Divulgação/DreamWorks)

Além disso, a parceria entre as duas empresas ainda inclui uma mudança em todas as estações de trabalho, que serão substituídas por equipamentos como o ThinkStation P620 e o ThinkStation P920. Segundo a executiva, esses novos dispositivos devem começar a chegar nas próximas semanas e serão adotados por todos os departamentos para o desenvolvimento de conteúdo e personagens — ou seja, influenciando as próximas animações do estúdio.

“Os nossos artistas são muito criativos e uma das coisas que nós queremos com a nossa tecnologia é permitir que eles trabalhem na velocidade da sua imaginação”, conclui Swanborg.

Os Caras Malvados estreia nos cinemas do todo o Brasil em 17 de março.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também