Pesquisadores desenvolvem tela Micro LED que pode ser esticada sem distorções

Pesquisadores do Instituto Coreano de Maquinário e Materiais (KIMM, na sigla em inglês) desenvolveram uma tecnologia de display Micro LED que pode ser esticado em até 25% sem apresentar grandes distorções de imagem. Mesmo que ainda seja um protótipo relativamente simples, ele pode levar a avanços maiores nos próximos anos, e até mesmo ser utilizado em smartphones ou outros produtos a longo prazo.

Tela pode ser esticada com o uso de metamateriais (Imagem: Business Korea)

O pequeno painel tem três polegadas, e os resultados foram registrados graças à utilização de metamateriais — ou seja, materiais que não seguem as leis naturais, e também não podem ser encontrados no meio ambiente. Com isso, há uma inversão na chamada proporção de Poisson, que indica a qual medida um determinado material elástico (como a borracha, por exemplo) terá uma dimensão reduzida quando esticado em outra, ou vice-versa.

Portanto, com uma proporção de Poisson de -1, a tela é capaz de ser esticada de forma equivalente em todas as suas direções, e por isso a imagem mostrada não é distorcida, mesmo que fique maior. Na sequência, bastou conectar os componentes a uma placa de circuito para que o painel mostre alguns pixels acesos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

De acordo com o pesquisador chefe do grupo Jang Bong-kyun, o problema fundamental da distorção de imagens em telas esticadas foi resolvido por meio da utilização de metamateriais. Por isso, agora é possível focar na viabilização comercial deste tipo de componente, para que ele possa ser aplicado em dispositivos eletrônicos comuns no dia a dia, sem ter um preço muito alto de produção em massa.

Espera-se que as aplicações úteis desse tipo de display sejam amplas, especialmente em produtos como celulares, tablets, notebooks, televisões, entre vários outros. Eles também poderão ser aplicados na pele humana sem apresentar rugas ou irregularidades, com usos na área da medicina ou estética, por exemplo.

Fonte: Business Korea

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu