Polícia prende em Curitiba suspeitos de golpe da maquininha do delivery

A Polícia Civil de São Pauto está cumprindo um total de 29 ordens judiciais, sendo 16 de busca e apreensão, sete de bloqueios de conta e seis de prisão temporária de possíveis envolvidos no golpe da maquinha de delivery danificada, envolvendo criminosos que aplicaram a fraude em cerca de 10 famílias de Curitiba — com cada uma delas levando um prejuízo de cerca de R$ 5 mil.

A ação conta com o apoio do Departamento Estadual de Investigações Criminais e do Garra da Polícia Civil do Estado de São Paulo. As ações estão ocorrendo na capital do estado de São Paulo e em Diadema (SP).

Segundo a investigação, os golpes estavam ocorrendo através de um esquema em que criminosos disponibilizam perfis de entregadores de apps para compra e aluguel. Após o pedido ser feito pela vítima, o criminoso, em posse da conta, mandava mensagem indicando problemas no processo. Os supostos motoboys, então, afirmavam que seria necessário o pagamento de uma taxa extra de R$ 0,55, a ser realizada na entrega do delivery.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Porém, na hora do pagamento, o visor da maquininha de cartão esta inutilizável, impedindo que vítima enxergasse o real valor solicitado, que, em certos casos poderia chegar até os R$ 10 mil. Essas quantias, então, eram enviadas para contas de laranjas envolvidos com o golpe e imediatamente sacados.

iFood lançou campanha de conscientização contra golpe da maquininha do delivery quebrada

O golpe da maquinha quebrada se popularizou na pandemia, momento em que pedidos via aplicativos de delivery, como o iFood, tiverem grande crescimento.

Sabendo desses problemas, o iFood iniciou em fevereiro uma campanha para conscientização do golpe em suas redes sociais, além de estar investindo em soluções de segurança e inteligência para proteger seus usuários dos golpes.

Entre as informações mais importantes contidas na campanha, estão o fato de que qualquer pedido feito no iFood e com pagamento via o app não terá nenhuma cobrança na hora da entrega — o que pode servir como um importante identificador para os golpes.

Fonte: Tribuna PR

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu