Por que os super-heróis da Marvel sempre retornam da morte?

Thanos é talvez o maior genocida da Marvel, e quem o acompanha nas HQs — e recentemente no cinema — sabe de sua tendência a exterminar muitas vidas no universo, principalmente seus rivais heróicos. Mas de alguma volta eles sempre voltam à vida, e uma HQ de 2003, a minissérie Marvel: The End, meio que explica o motivo.

Nos quadrinhos, a principal motivação de Thanos é que ele é apaixonado pela Morte — sim, nos quadrinhos da Marvel, ela é uma entidade. E ele acumula poder e as Joias do Infinito para matar metade das vidas do Universo como uma reverência à sua amada.

Em Marvel: The End, Thanos percebe que um outro poder está atrapalhando seus planos. Trata-se do Coração do Universo, uma fonte de energia que foi aproveitada pela Ordem Celestial por meio do poderoso faraó Akhenaton.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

“Essa força procurou equilibrar a luz contra a escuridão”, afirma Thanos. “Em anos recentes, os níveis do assim chamado mal cresceram tanto que certos heróis foram chamados de volta além do véu e pressionados novamente a agir. Alguns foram ‘reciclados’ mais do que outros.”

Os mortos muito loucos da Marvel (Imagem: Reprodução/Marvel)

E dessa forma o roteirista e artista Jim Starlin (também o criador de Thanos) tenta justificar um antigo clichê das histórias de super-heróis: ninguém fica morto nelas por muito tempo, tirando raras exceções como o Tio Ben de Peter Parker/Homem-Aranha ou os pais de Bruce Wayne/Batman — tirando, claro, exceções casuais como flashbacks e universos paralelos.

Fonte: ScreenRant

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu