Positivo entra no índice Ibovespa apostando em diversidade de produtos

A Positivo Tecnologia fará parte do Índice Ibovespa a partir do dia 3 de janeiro. A fabricante paranaense de eletrônicos conseguiu o feito, segundo o comunicado, por conta do aumento do volume de negociações de suas ações na B3, a Bolsa de Valores brasileira.

A empresa afirma que a novidade é reflexo da expansão e a diversificação dos seus negócios, que por sua vez trouxe bons resultados nos últimos períodos financeiros. Tudo isso teria aumentado o interesse dos investidores. A empresa teve receita bruta de R$ 979 milhões no terceiro trimestre e lucro bruto de R$ 197 milhões.

A B3 estabeleceu alguns critérios para a Positivo entrar no Ibovespa, como manutenção do seu índice de negociabilidade em patamares elevados, estar entre os ativos negociados com regularidade na Bolsa, ter um volume financeiro relevante e não ser considerada como penny stocks, ou seja, ações negociadas a valores menores do que R_jobs(data.conteudo)nbsp;1.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Notebook Positivo Motion com Alexa (Imagem: Divulgação/Positivo)

“O IBOV é o índice mais importante da B3, onde estão as maiores empresas brasileiras e as mais negociadas pelos investidores e, por esse motivo, é importantíssimo para a Positivo Tecnologia fazer parte desse seleto grupo”, comenta Caio de Moraes, vice-presidente de finanças da Positivo Tecnologia.

Para permanecer no índice, que é renovado a cada quatro meses (janeiro, maio e setembro), as ações da Positivo devem continuar com níveis de liquidez e negociabilidade elevados. Para isso, a empresa manterá a estratégia de diversificação de produtos e serviços. Nos últimos meses a Positivo fez parceria com a fabricante chinesa de celulares Transsion, além de um notebook com assistente Alexa integrada.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu