Qual é o lugar mais frio do mundo?

A maior parte da superfície do planeta, apresenta temperaturas acima do zero absoluto, mas em alguns pontos do globo, as condições meteorológicas e geográficas fazem as temperaturas despencar até valores negativos. Então, qual é o lugar mais frio do mundo? Se você pensou na Antártida, está correto.

Curiosamente, o lugar mais frio do mundo praticamente não tem neve. Os Vales Secos de McMurdo, na verdade, formam a maior área livre de gelo do continente antártico. Com um clima absolutamente frio e seco, essa região é um deserto congelado comparado ao planeta Marte.

O lugar mais frio do mundo

A Antártida, sem dúvidas, é o continente mais frio do planeta e mesmo durante o verão as temperaturas são bem baixas. Os Vales Secos de McMurdo é cercado por montanhas que impedem o fluxo de umidade na região e, portante, a formação de gelo e neve.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Os Vales Secos de McMurdo são um conjunto de desfiladeiros a oeste do Estreito de McMurdo, na Antártida (Imagem: Reprodução/NASA/GSFC/METI/ERSDAC/JAROS)

A menor temperatura registrada por lá, foi de – 94,7 °C. É um frio assustador, mas essa região é o cenário ideal para, por exemplo, procurar por formas de vida que vivem em condições tão extremas quanto estas. Alguns cientistas consideram essa área mais parecido com Marte do que com a Terra.

O cientista glacial, Ted Scamos, do Centro Nacional de Dados de Neve e Gelo dos EUA, considera esses bolsões de frio como os lugares mais frios de toda a Terra. Os Vales Secos de McMurdo mais se parecem com uma paisagem de verão nos polos de Marte — frio e seco.

Mesmo nessas condições de frio e baixa umidade, organismos como as cianobactérias vivem no solo dos Vales Secos de McMurdo (Imagem: Reprodução/Oceanwide Expeditions)

Essa região é tão fria que quando pesquisadores vão para lá realizar estudos, eles precisam usar uma máscara específica para o ar abaixo de zero. Esse equipamento serve para aquecer o ar antes de ser inalado, porque o ar congelante pode acarretar graves danos aos pulmões, como hemorragia.

Nessas condições tão extremas, apenas organismos bem adaptados conseguem prosperar. Na verdade, os poucos lagos congelados da região, ao derreterem parcialmente no verão, dão suporte a uma variedade de ecossistemas aquáticos, também alimentados pelas geleiras ao redor dos vales.

Com uma área de 4.800 quilômetros quadrados, os Vales Secos de McMurdo formam a maior extensão de superfície da Antártida sem gelo, além de ser o lugar mais frio do mundo (Imagem: Reprodução/Oceanwide Expeditions)

O organismo mais comum, são as cianobactérias, conhecidas como “tolerantes ao estresse” dessas condições extremas. Elas conseguem permanecer em um estado de hibernação por meses quando não tem água, mas, ao primeiro contato, ela retoma seu processo de fotossíntese em até 48 horas.

Os 5 lugares mais frios do mundo

Próximo aos polos Sul e Norte da Terra, existem diversos lugares onde as temperaturas negativas são comuns e para quem não está habituando a esse clima, viver pode ser uma prova de resistência. Do Círculo Polar Ártico até, mais uma vez, a Antártida, conheça outros cinco lugares mais frios do mundo!

  1. Estação Vostok, Antártida: a Vostok é uma estação de pesquisa meteorológica russa criada pela então União Soviética em 1957, localizada bem no interior da Antártica. A menor temperatura já registrada na unidade, foi de – 89,2 °C em 1983, perdendo em alguns graus para os Vales Secos de McMurdo;
  2. Estação Polo Sul Amundsen-Scott, Antártida: essa é uma estação de pesquisa norte-americana, posicionada bem próxima ao Polo Sul, tornando este o local continuamente habitado mais ao sul do planeta (mas apenas por pesquisadores). Seu recorde de temperatura mínima é de – 82,8°C;
  3. Denali, Alasca (EUA): Denali é um distrito do estado norte-americano do Alasca e nele encontra o monte com mesmo nome, considerado o pico mais alto da América do Norte, o Monte Denali — mais de 6 km acima do nível do mar. A temperatura média deste lugar gira em torno dos – 10 °C, mas o seu recorde de mínima, foi de – 73 °C, registrada na década de 1950;
  4. Estação Klinck, Groenlândia: localizada bem no centro da Groenlândia, a estação meteorológica de Klinck possui o título de lugar mais frio de todo o Círculo Polar Ártico, cujo recorde de temperatura mínima é de – 69,6°C, registrada em 1991;
  5. Oymyakon, Sibéria: esta é uma região do Leste da Sibéria, cuja população não passa dos 500 habitantes. Afinal, não é fácil viver em um lugar onde as temperaturas frequentemente alcançam valores negativos. Seu recorde de menor temperatura foi registrado em 1933, quando atingiu – 67,7 °C — segundo o Guinness Book, o Livro dos Recordes, este é o lugar permanentemente habitado mais frio do planeta.

Fonte: Oceanwide Expeditions, NASA, New Scientist

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também