Qualcomm, Nokia e Juganu colaboram para aplicações em 5G

Uma colaboração entre Qualcomm, Nokia e Juganu pretende padronizar o espectro 5G para cidades inteligentes e casos de uso em serviços públicos de internet das coisas (IoT) no Brasil. Enquanto a Nokia traz a tecnologia celular 5G e a Juganu oferece sua luminária de rua inteligente e integrada, a Qualcomm chega com integração de tecnologia 5G e de soluções de IoT.

Segundo Bruno Gemus, CEO Brasil da Juganu, o projeto pode ajudar a mudar o cenário da iluminação pública viária no Brasil e no mundo. “A experiência é inovadora. Ela garante conectividade 5G para o município, que pode usar a rede para diversas aplicações. Assim, é possível reduzir a necessidade de instalação de muitas antenas pela cidade.”

O projeto tem apoio da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O objetivo é demonstrar que o uso de dispositivos de iluminação pública simplifica a instalação e a fusão tecnológica enquanto reduz o custo e o tempo de implementação.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Parceria busca padronizar o espectro 5G (Imagem: Reprodução/Pixabay/jeferrb)

José Palazzi, diretor sênior de vendas da Qualcomm, destaca que a colaboração busca apoiar a padronização da utilização do espectro 5G. “Estamos muito orgulhosos de apoiar essa iniciativa no Brasil. As soluções 5G da Qualcomm em ondas milimétricas e outras frequências do espectro podem ter impacto positivo em cidades e comunidades inteligentes ao integrar desenvolvimentos de IoT e transformar sociedades por meio da tecnologia.”

As redes de quinta geração são conhecidas por seu potencial para revolucionar tanto a indústria 4.0 quanto o processo de adoção de novos serviços, como as cidades inteligentes. “Um estudo recente elaborado em conjunto por Nokia e Omdia prevê que até 2035 o 5G vai garantir US$ 1,2 trilhão (R$ 6,7 trilhões) em produtividade no Brasil”, relata Ailton Santos, head do Brasil da Nokia.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu