Robô ajuda a sentir menos raiva de quem manda mensagem pedindo desculpa

Pesquisadores da Faculdade de Engenharia, Informação e Sistemas da Universidade de Tsukuba, no Japão, desenvolveram um robô portátil que muda de peso para expressar emoções. Seu objetivo é ler textos em voz alta e acalmar o usuário quando ele estiver chateado ou ao receber notícias perturbadoras.

O OMOY foi equipado com um peso móvel acionado por componentes mecânicos dentro do seu corpo. Ao deslocar o dispositivo interno de aproximadamente 250 gramas, o robô consegue expressar emoções simuladas, o que, segundo os cientistas, adiciona seriedade ao conteúdo de uma mensagem recebida.

“Com o meio de comunicação digital escrita, a falta de feedback social redireciona o foco do remetente para o conteúdo da própria mensagem. O robô mediador foi projetado para suprimir a raiva do usuário e outras motivações interpessoais negativas, como pensamentos de vingança e, em vez disso, promover o perdão”, explica o professor Fumihide Tanaka.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O “peso” da mensagem

Ao controlar o movimento do peso interno durante o tempo em que o robô lê mensagens recebidas de um remetente humano, o estado psicológico do receptor que segura o bot pode ser afetado pelo simples fato de que o conteúdo vem acompanhado de algo físico, que pode ser sentido pelo usuário.

O que o OMOY faz é reproduzir as mensagens de texto em voz alta e depois oferecer uma opinião sobre como a pessoa deve se sentir em relação ao que foi dito. Funciona como se o receptor da notícia pudesse tocar o emissor da mensagem ou ver sua expressão de arrependimento por um problema causado.

“Quando esse discurso é acompanhado pelas mudanças de peso apropriadas, nós constatamos que o usuário percebe a intenção do robô em ajudá-lo a se acalmar como algo que está sendo transmitido pela própria pessoa que enviou a mensagem originalmente”, acrescenta Tanaka.

Redução da raiva

Os resultados mostraram que a introdução de mudanças de peso junto a fala do robô suprimiu, em média, 23% da raiva do usuário. No entanto, apenas 3,5% desse sentimento foi suprimido quando as mudanças de peso dentro do robô mediador não foram aplicadas.

Robô ajuda usuários a se acalmarem diante de mensagens frustrantes (Imagem: Reprodução/University of Tsukuba)

Além disso, nos casos em que o robô mostrou empatia pelo usuário, reproduzindo palavras com mudanças de peso, o desejo de vingança do usuário foi reduzido com sucesso em 22% dos casos. Segundo os participantes do estudo, segurar o robô enquanto ouviam textos negativos fez com que eles sentissem menos raiva do emissor da mensagem.

“A expressão corporal do robô produzida pelas mudanças de peso não exigem componentes externos específicos, como braços ou pernas. Isso mostra que os movimentos internos de peso podem reduzir a raiva de um usuário — e até mesmo outras emoções negativas — sem precisar de gestos corporais ou expressões faciais”, encerra o professor Fumihide Tanaka.

Fonte: University of Tsukuba

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu