Startup Monolith lança no Brasil carteira digital com ganho em dólar

A startup inglesa Monolith lançou o site Token.com para o mercado brasileiro. É uma carteira digital baseada na TerraUSD (UST), uma stablecoin — um tipo de criptomoeda lastreada em ativos como moedas reais e ouro — pareada em 1:1 com o dólar e que oferece um rendimento estimado de 12% ao ano, além da variação da moeda americana.

A empresa está presente em 31 países e é conhecida por ter criado um cartão de débito Visa baseado em DeFi, sigla para finanças descentralizadas, que não dependem de intermediários financeiros centrais, como corretoras e bancos. A marca é uma instituição registrada na FCA, órgão regulador do Reino Unido, e auditada pela Moore Global, uma das mais conceituadas do mundo.

Os ganhos da carteira Token.com são atrelados a empréstimos que têm criptoativos como garantia e são realizados no protocolo Anchor, na blockchain Terra. A proposta é de ser um ativo digital com acesso aos ganhos da própria Anchor. O ANC, token de governança da plataforma, oferece aos investidores um rendimento anual de 20% atualmente.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Carteira Token.com da Monolith oferece um rendimento estimado de 12% ao ano (Imagem: Reprodução/duallogic)

O lançamento do aplicativo no Brasil está previsto para este trimestre. Mas quem tiver interesse em acesso antecipado podem solicitar um convite pelo site da empresa desde a segunda-feira (7) e aproveitar um bônus de 25% no retorno dos aportes até o final de março. A carteira não conta com carência ou valor de investimento mínimo.

“Escolhemos o Brasil como o primeiro país a receber a token.com pelo impacto que o produto pode ter. O real foi uma das moedas que mais perdeu valor nos últimos anos (mais de 35% desde 2020) e a maior parte da população não tem acesso a investimentos que possam proteger suas economias dessa desvalorização e ainda fazê-las crescer”, afirma William Ou, CEO da Token.com e chefe de atendimento do Monolith.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu