Startup oferecerá R$ 12 bilhões em crédito para energia solar em 2022

O Meu Financiamento Solar, startup controlada pelo BV, banco do grupo Votorantim, prevê para este ano a oferta de cerca de R$ 12 bilhões em crédito para instalação de painéis solares. A novidade, informada pelo Valor Econômico, surge sob a expectativa de aumento nas contas de luz no país, além da constante procura por fontes alternativas de energia.

A empresa espera disponibilizar uma média de R$ 1 bilhão por mês para seus clientes. Segundo a diretora comercial, Carolina Reis, houve uma menor demanda por crédito para esse tipo de energia na primeira quinzena de janeiro. Os motivos teriam sido o período de férias e o aumento de casos de covid-19 no país. Na segunda quinzena em diante, a busca por financiamento cresceu.

A importância de se obter crédito para instalar uma estrutura de energia solar se deve à complexidade de um projeto desses. Ele vai além de ter um terreno e instalar os kits de placas fotovoltaicas; é necessário um estudo próprio de engenharia que deve ser executado legalmente. Parte da documentação necessária inclui:

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

  • Memorial descritivo com as especificações do sistema;
  • Anotação de responsabilidade técnica (ART) do responsável técnico, registrada no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA);
  • Certificado de Conformidade dos Inversores no Inmetro;
  • Documentos originais do cliente;
  • Se o sistema servir a uma cooperativa, é preciso compromisso de solidariedade entre os integrantes.
Meu Financiamento Solar registrou crescimento de 256% em financiamentos em 2021 (Imagem: Envato/maxxyustas)

O Meu Financiamento Solar registrou crescimento de 256% em financiamentos e de 220% em propostas pagas em 2021, mas não revela o montante financiado. “A crise hídrica do ano passado impulsionou a modalidade, já que com as tarifas mais altas, voltou-se o foco da imprensa para o setor. Estamos otimistas com 2022 e devemos movimentar R$ 12 bilhões no período”, contou Reis ao Valor.

Fonte: Valor Econômico

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu