Tencent corre o risco de receber multa recorde na China por lavagem de dinheiro

Nesta segunda-feira (14), as ações da Tencent, gigante do entretenimento digital da China, fecharam em queda de mais de 10%, nível mais baixo em quase dois anos. O fato ocorre pouco depois de uma reportagem do The Wall Street Journal (WSJ) ser publicada mostrando que a empresa deve ser multada em valor recorde por violações de regulamento contra lavagem de dinheiro da China.

Segundo a reportagem do WSJ, o Banco Popular da China descobriu que o WeChat Pay, aplicativo da Tencent utilizado para diversos tipos de pagamentos móveis entre os usuários, foi utilizado para lavagem de fundos destinados para fins ilícitos, como jogos de azar. Além disso, o software também foi considerado incompatível com os regulamentos chineses relacionados a informações que as empresas podem ter de seus clientes.

A matéria do WSJ afirma que os reguladores chineses ainda estão discutindo o tamanho da multa a ser aplicada a Tencent, mas especula-se que o valor pode chegar a centenas de milhões de yuans, quantia muito superior à cobrada em outros casos de lavagem de dinheiro que ocorreram na história da China.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Lavagem pode abrir investigação contra Tencent

Situação do WeChat Pay pode abrir investigação contra a Tencent. (Imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Uma investigação sobre a possível lavagem de dinheiro no aplicativo poderia ser o primeiro passo para uma nova frente de repressão da China aos negócios digitais e a indústria da internet — algo que pode se unir ao esforço do Banco Central do país e sua campanha para reprimir essas fraudes até 2024.

A Tencent, uma das maiores empresas do ramo, até o momento ainda não foi alvo das ações do governo da China, mas com o desdobramento da situação do WeChat Pay, esse fato pode estar prestes a mudar.

Além disso, o WeChat Pay está no centro dos negócios da Tencent, sendo responsável por 40% dos pagamentos móveis na China em 2021, além de ser parte importante do processo de popularização transações em jogos e demais serviços da empresa.

O Canaltech entrou em contato com a assessoria de imprensa brasileira da Tencent para obter um posicionamento da empresa sobre a questão. Assim que recebermos uma resposta, atualizaremos este conteúdo.

Fonte: WSJ

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu