53% das pessoas querem trocar de carreira depois da covid-19

Segundo o relatório Protegendo o Futuro do Trabalho, 53% dos brasileiros querem mudar de profissão após a covid-19. Os principais motivos são equilíbrio entre vida pessoal e profissional (50%), desejo por um salário mais alto (49%), busca por uma função mais significativa (31%), redução da jornada de trabalho (31%) e trabalho por prazer (14%).

Rogério Silva, CEO do Centro Brasileiro de Cursos (Cebrac), aponta que mudar de profissão requer planejamento. “É preciso se capacitar para as funções da nova área”, destaca. “Com o avanço da tecnologia e do meio digital, alguns cursos estão passando por atualizações e outros estão sendo criados. O mercado de trabalho sempre sofre transformações e a sociedade precisa acompanhá-las.”

Além disso, é preciso ter paciência para entender que demora para adquirir conhecimento e experiência para se destacar na nova função escolhida. Algumas dicas podem ser úteis nesse processo. Veja a seguir!

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

1 – Faça uma lista com os motivos da transição

Isso encoraja e dá confiança na preparação e é fundamental nesse momento de insegurança. “Se a mudança faz brilhar os olhos, não hesite em deixar o medo de lado e seguir em busca da realização profissional”, ressalta Jefferson Vendrametto, diretor e especialista em educação do Cebrac.

2 – Programe-se financeiramente

Estar preparado financeiramente ajuda a atravessar o início da nova carreira (Imagem: Reprodução/Unsplash/Jason Leung)

Mesmo com planejamento, é importante reconhecer e se preparar para a instabilidade inicial. “Você não sabe quanto tempo vai passar sem trabalhar ou quanto tempo passará se profissionalizando”, lembra ele. “Guarde dinheiro para imprevistos e para realizar a transição da melhor forma.”

3 – Pesquise sobre a nova área

É importante entender a nova área: estatísticas, estratégias e funções. Pesquise em sites e agências de emprego sobre o trabalho e analise os requisitos solicitados: isso facilita a preparação para se tornar apto a ser contratado. É importante dominar as atribuições e estar seguro para as atividades.

4 – Planeje a carreira

Mesmo com as incertezas, estabeleça metas e planos de curto, médio e longo prazos. Visualizar a carreira dará motivação para buscar as mudanças. “Com os objetivos mentalizados, ciente do que está construindo e aonde quer chegar, haverá mais vigor e energia para o trabalho.”

5 – Qualifique-se

Boa qualificação é essencial (Imagem: Reprodução/Pixabay)

Para uma nova carreira, é preciso se preparar tecnicamente para as funções. Qualificar-se é dar um passo em direção à concretização da nova profissão. “Os custos são investimentos e o valor vai retornar da forma mais gratificante possível. Busque se profissionalizar em instituições com credibilidade”, aponta Vendrametto.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também