Como assistir online os filmes indicados ao Oscar 2022

Chegou a época de colocar todos os filmes atrasados em dia. Assim como nos dois últimos anos, a divulgação dos indicados ao Oscar de 2022 revelou também a força que as plataformas de streaming conquistaram. Somente a Netflix soma 27 indicações de produções originais, com destaque especial para Ataque dos Cães, presente em praticamente todas as categorias.

E ela não é a única. O maior prêmio do cinema mundial traz também muitas outras produções vindas do Prime Video, HBO Max e até do Apple TV+, seja com filmes feitos especialmente para esses serviços ou adicionados ao catálogo.

Isso significa que você não tem desculpa para não assistir aos indicados deste ano ao Oscar. É claro que alguns títulos continuam exclusivos do cinema e alguns até continuam inéditos por aqui, mas as principais apostas já estão completamente acessíveis para o público.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Assim, se você quer entrar no clima da premiação e gabaritar os indicados antes da entrega das estatuetas, no próximo dia 27 de março, confira onde assistir aos filmes indicados ao Oscar 2022.

No Ritmo do Coração

Não se deixe enganar pelo título nacional. No Ritmo do Coração não é uma comédia romântica ou uma história adolescente boba, mas uma trama cheia de coração e muito tocante que faz muito por merecer todas as três indicações recebidas. A história é focada em Ruby (Emilia Jones), uma jovem que é a única capaz de ouvir em uma família de deficientes auditivos.

Só que o foco do roteiro não está nas dificuldades de comunicação ou coisa assim. Na verdade, a tensão está justamente quando ela é confrontada com uma dura escolha: seguir a sua paixão pela música ou ficar perto da sua família. É a partir dessa dinâmica que No Ritmo do Coração entrega muita beleza e emoção, com uma história que parece abraçar o espectador.

Indicações: Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado e Ator Coadjuvante.

No Ritmo do Coração está disponível no Prime Video e para compra e locação no Google Play, iTunes e Looke.

Não Olhe para Cima

O badalado longa da Netflix fez bonito no Oscar 2022, recebendo quatro indicações — incluindo de Melhor Filme. Dirigido por Adam McKay, um velho conhecido da Academia, Não Olhe para Cima usa a ironia típica do cineasta para satirizar o mundo atual e as políticas negacionistas de diversos países.

Leonardo DiCaprio e Jennifer Lawrence são dois pesquisadores que descobrem que o planeta será atingido por um meteoro gigante que pode causar uma nova extinção. Só que as tentativas de contar isso ao mundo se tornam bem mais complicadas quando as pessoas não estão muito dispostas a acreditar ou relativizar a ameaça cósmica que se aproxima. É uma comédia que se torna um terror quando a gente passa a reconhecer todos esses absurdos.

Indicações: Melhor Filme, Trilha Sonora Original, Roteiro Original, Edição.

Não Olhe para Cima é exclusivo da Netflix.

Duna

A adaptação de um dos maiores clássicos da literatura e da ficção científica, Duna é a grande aposta da Warner Bros para engatar uma nova franquia de sucesso. E o primeiro capítulo deu muito certo, arrebatando 10 indicações ao Oscar, além de uma bilheteria expressiva e muitos elogios. Não por acaso, o segundo capítulo da trama já está confirmado.

A história foca em Paul Atreides (Timothée Chalamet), filho de um poderosa dinastia espacial que é enviada para o planeta desértico de Arrakis, mas é alvo de uma conspiração e acaba sendo dizimada. Assim, cabe a Paul se aliar ao povo desse planeta inóspito para se vingar ao mesmo tempo que descobre ser o herói profetizado que viria para salvar aquele mundo.

Indicações: Melhor Filme, Design de Produção, Fotografia, Efeitos Visuais, Maquiagem e Cabelo, Edição, Trilha Sonora Original, Figurino, Mixagem de Som, Roteiro Adaptado.

Duna está disponível na HBO Max e para locação e compra no iTunes, Google Play e Microsoft Store.

King Richard: Criando Campeãs

Sabe aqueles filmes que seguem a fórmula para a indicação ao Oscar? King Richard: Criando Campeãs é um belo exemplo disso, misturando inspiração e superação em uma história biográfica — do jeito que a Academia adora. E isso está bem longe de ser ruim, na verdade.

Baseado na história real de Richard Williams, pai das tenistas Venus e Serena Williams, o longa mostra os bastidores da formação de duas das atletas mais importantes dos últimos anos — e como a figura paterna foi fundamental para isso. Para isso, vemos a jornada desse pai, os desafios e os obstáculos que ele teve de encarar para fazer com que suas filhas chegassem ao topo do mundo do esporte.

Indicações: Melhor Filme, Ator, Atriz Coadjuvante, Roteiro Original, Edição, Canção Original

King Richard: Criando Campeãs está disponível na HBO Max e para compra e locação no Now, iTunes, Looke, Google Play e Microsoft Store.

Ataque dos Cães

O grande favorito do Oscar 2022 abocanhou 12 indicações e está presente em praticamente todas as categorias. E muito disso por causa da interpretação visceral de Benedict Cumberbatch como um homem tirano e cruel que se opõe à figura do próprio irmão.

O filme é um faroeste misturado com drama bastante tenso, contando a história de dois irmãos donos de uma das maiores propriedades do meio-oeste dos EUA e que se chocam após o mais novo deles (Jesse Plemons) se casar com uma viúva da região (Kirsten Dunst). A partir do matrimônio, o irmão mais velho (Cumberbatch) revela toda a crueldade e a inveja que o consome tentando atrapalhar a vida do novo casal.

Além de todos esses atores terem sido indicados, Ataque dos Cães fez história com a diretora Jane Campion ser a primeira mulher a ser indicada duas vezes a Melhor Diretor.

Indicações: Melhor Filme, Diretor, Ator, Ator Coadjuvante, Atriz Coadjuvante, Design de Produção, Fotografia, Canção Original, Edição, Roteiro Adaptado, Trilha Sonora Original, Mixagem de Som.

Ataque dos Cães é exclusivo da Netflix.

Apresentando os Ricardos

Mais um filme biográfico que fala sobre os bastidores do cinema e da TV — o que já é um clássico do Oscar. Só que isso não é uma crítica, pois Apresentando os Ricardos é uma ótima forma de conhecer a história de uma figura fundamental para a história das séries: Lucille Ball (Nicole Kidman), a estrela de I Love Lucy, um dos maiores sucessos da TV na década de 1950.

E o longa foca na relação de Lucille com Desi Arnaz (Javier Barden), o cantor cubano por quem ela se apaixona e se casa e passa a viver a vida dos sonhos. Só que isso é ameaçado a partir do momento que ela passa a ser acusada de comunista por um jornal — o que pode colocar em risco tanto a sua carreira quanto o seu casamento.

Indicações: Melhor Atriz, Melhor Ator e Melhor Ator Coadjuvante.

Apresentando os Ricardos é exclusivo do Prime Video.

A Filha Perdida

Baseado no livro de Elena Ferrante, A Filha Perdida é mais um filme produzido pela Netflix que vem sendo muito elogiado. Assim como a obra original, ele discute a maternidade de um jeito bem delicado e intimista, deixando de lado a glamourização em torno do tema para apontar temas que ainda são tabu, como a solidão da mãe e a própria culpa.

Dirigido por Maggie Gyllenhaal e protagonizado pela sempre excelente Olivia Colman — que parece ter conquistado um lugar cativo nas indicações do Oscar —, ele é um filme feito para você se debulhar em lágrimas. Prepare-se.

Indicações: Melhor Atriz, Atriz Coadjuvante, Roteiro Adaptado.

A Filha Perdida é exclusivo do Netflix.

Tick, tick… Boom!

Outro filme biográfico que ganha destaque no Oscar 2022 — e que também é uma produção da Netflix. Tick, Tick… Boom! é um musical que conta a história do compositor Jonathan Larson, criador da peça Rent, vencedora do Tony Award e que traz ninguém menos do que Andrew Garfield no papel principal. Sim, depois de deixar todo mundo empolgado em Homem-Aranha: Sem Volta para Casa, ele ainda pode ganhar um Oscar.

Com direção de Lin-Manuel Miranda (Hamilton), Garfield incorpora esse artista antes do estrelato, quando ele ainda era garçom em uma lanchonete, e que precisa correr contra o tempo para fazer a sua obra-prima — o porquê disso é spoiler! É um filme tocante não só pela história existente por trás, mas pelas temáticas e assuntos envolvidos em seu roteiro e o cuidado na hora de abordá-los.

Indicações: Melhor Ator, Edição

Tick, tick… Boom! é exclusivo da Netflix.

A Tragédia de Macbeth

Um dos maiores clássicos da literatura ganhou uma nova versão no Apple TV+, mas com uma roupagem bem diferente. Protagonizada por ninguém menos do que Denzel Washington, a obra de William Shakespeare traz uma fotografia única e que torna essa história bastante imersiva e impactante.

Para isso, o longa é todo filmado em preto e branco e abusa do contraste e de outros efeitos visuais que fazem com que tudo soe quase como um enorme palco de teatro. Assim, além de ser uma história incrível e atemporal, é também um presente para os olhos.

Indicações: Melhor Ator, Fotografia, Design de Produção.

A Tragédia de Macbeth é exclusivo do Apple TV+.

Encanto

A Disney veio muito forte para o Oscar 2022 e um dos principais favoritos para a categoria de Melhor Animação é justamente Encanto, que se tornou um fenômeno mundial justamente pela sua trilha sonora — que é viciante, diga-se de passagem. E se não falamos do Bruno, não há como deixar de falar sobre o quanto o clima latino da história da família Madrigal é envolvente.

A trama sobre uma família mágica que precisa encarar o risco de perder seus dons e que precisa ser salva pela única neta que não recebeu poder nenhum é só um metáfora para falar sobre as expectativas e pesos atribuídos pelas relações familiares. E tudo isso é apresentando de uma forma tão singela e com personagens tão cativantes que é realmente impossível não se apaixonar.

Indicações: Melhor Animação, Canção Original, Trilha Sonora Original

Encanto é exclusivo do Disney+.

Raya e o Último Dragão

Outra aposta da Disney segue por um caminho bem diferente. Raya e o Último Dragão abandona toda a estética de princesa que sempre marcou o estúdio e traz uma aventura cheia de ação protagonizada por uma jovem.

Sem momentos musicais ou bonitinhos, Raya está mais para um filme de herói do que para um sucessor espiritual de Frozen e Moana — o que é ótimo, pois mostra como é possível fazer histórias diversas com uma heroína tão legal quanto a sua protagonista.

Indicações: Melhor Animação

Raya e o Último Dragão está disponível no Disney+.

Luca

É claro que a Pixar não poderia ficar de fora e chega ao Oscar 2022 com o simpático Luca, a história do jovem monstro marinho que decide abandonar o oceano e viver sua vida como um menino normal ao lado de seus amigos. O problema é que os moradores da cidade não aceitam tão bem assim o povo submarino, o que torna essa aventura muito mais tensa.

É uma metáfora muito bonitinha sobre preconceito e aceitação, daquelas de aquecer o coração. Todos os personagens são ótimos e a trilha sonora se aproveita muito bem da ambientação para usar alguns clássicos da música italiana para embalar essa fábula.

Indicações: Melhor Animação

Luca é exclusivo do Disney+.

A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas

A Netflix vem se provando uma excelente produtora de animações e A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas é apenas o mais recente nome nessa lista de sucessos que não para de crescer. Indicado ao Oscar de Melhor Animação, o longa acompanha a viagem da família Mitchell antes de a primogênita Katie ir para a universidade.

O problema é que esse passeio é interrompido pela rebelião das máquinas, que se revoltam contra a humanidade no melhor estilo Exterminador do Futuro. E aí é a boa e velha união familiar que vai resolver esse problema.

Indicações: Melhor Animação

A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas é exclusivo da Netflix.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu