Linguagem de programação “meme” criada na Índia viraliza na internet

Entusiastas de linguagens de programação nas redes sociais andam bem animados com um código específico de origem indiana: a Bhailang. O motivo? “Bhai” é a palavra hindi para irmão, tornando essa linguagem, em uma tradução bem livre, uma linguagem de “bros”.

A Bhailang foi criada por dois desenvolvedores indianos, Rishabh Tripath, da empresa Groww, e Aniket Singh, da Amazon. Ambos afirmam, no site oficial do projeto, que a ideia para a criação desse código veio de piadas internas entre os dois.

A linguagem, baseada em JavaScript, tem uma sintaxe toda baseada na palavra “Bhai“, com todos os comandos, até mesmo o de abertura e encerramento dos programas, incluindo o termo. O que muda, entre cada função, é que diferentes expressões locais hindi são utilizadas em conjunto, proporcionando diferentes resultados.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Exemplo de programa simples feito na Bhailang. (Imagem: Captura de Tela/Dácio Augusto/Canaltech)

Por exemplo, em vez de falso ou verdadeiro, as palavras hindu “sahi” (correto) e “galat” (errado) são utilizadas para denotar condicionais. Da mesma forma, uma variável é declarada pela expressão “bhai ye hai” (esse é o irmão).

A sintaxe simpática da linguagem, que remete bastante a alguns exemplos de códigos esotéricos, acabou fazendo ela cair na graça de programadores usuários de redes sociais. Uma rápida pesquisa no Twitter, por exemplo, mostra várias postagens animadas sobre a tecnologia.

A linguagem, junto de um ambiente de teste e documentação de suas funções, podem ser acessadas pelo site oficial do projeto. Mas frisamos que, pelo menos agora, ela só é uma divertida curiosidade do mundo dos desenvolvedores — mas, do jeito que a internet é, nada impede que no futuro ela possa se tornar um importante código no mercado.

Fonte: TimesNowNews, IndiaTimes

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu