O que é UnionPay, alternativa chinesa a Visa e Mastercard na Rússia

Os bancos da Rússia devem começar a adotar de forma mais abrangente a bandeira de cartão de crédito chinesa UnionPay, segundo informou a Reuters neste domingo (6). A medida é uma resposta à notícia de que as operadoras Visa e MasterCard vão bloquear bancos russos após sanções decorrentes da guerra da Rússia contra a Ucrânia.

Vários bancos russos já usam o UnionPay, como o Sberbank e o Tinkoff. O que muda agora é que as instituições podem começar a emitir novos cartões combinados ao sistema de pagamentos doméstico da Rússia, chamado Mir.

A UnionPay International é uma subsidiária da China UnionPay, criada em 2002 em Xangai. Segundo a Reuters, a empresa tornou-se a maior emissora de cartões do mundo em 2010 por ter um monopólio virtual de transações de cartões bancários na China e, de acordo com as empresas concorrentes, por oferecer baixas taxas para varejistas no país e no exterior. Atualmente a marca diz ter emitido mais de 9 bilhões de cartões.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Alternativa da Rússia durante a guerra, UnionPay ainda tem pouco espaço fora da China (Imagem: Reprodução/Aranami/Flickr)

A empresa Opera sob a aprovação do Banco Popular da China. Seu braço internacional foi fundado em novembro de 2012. Atualmente tem parceria com mais de 2.500 instituições financeiras em todo o mundo, com aceitação em 180 países e emissão de cartões em 95 países e regiões. Segundo o site da empresa, o banco brasileiro Itaú e o peruano Interbank são parceiros na América do Sul.

Em 2015, a UnionPay ultrapassou a Visa e se tornou a maior em valor de pagamentos com cartão, movimentando na época US$ 21,6 trilhões (R$ 110 trilhões, na cotação atual). No entanto, apenas 0,5% das operações ocorriam fora da China. Já a Visa e MasterCard mantinham fatias de mercado globais de 50% e 31% respectivamente.

Por isso, o governo chinês permitiu à UnionPay liberar licenças para bandeiras ocidentais de cartões. Hoje, alguns cartões de crédito UnionPay também são afiliados à American Express, Mastercard ou Visa e podem ser usados no exterior como cartões de crédito dessas bandeiras.

Fonte: Business Wire, UnionPay, Reuters, FinExtra

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu