Por que motoristas estão deixando porta-malas abertos nos EUA?

A população de São Francisco, nos Estados Unidos (sim, a mesma cidade que recentemente sofreu com engarrafamento de carros autônomos em uma rua), resolveu agir por conta própria para diminuir os índices de arrombamento de carros e os custos para reparar vidros e outros danos. Como? Nem a polícia acreditou.

Segundo reportagem veiculada pela rede ABC7 News, os moradores resolveram largar os carros nas ruas com os porta-malas abertos. O raciocínio de quem adotou a estratégia é que, se por um lado isso “facilita” o trabalho do ladrão, por outro diminui eventuais prejuízos.

Garret Tom, ex-chefe do departamento de polícia local, desaprovou a iniciativa. “Estou chocado. Muita coisa pode dar errado com isso. Ladrões podem roubar sua bateria, podem roubar seus pneus, entrar no carro e descobrir onde você mora”, alertou.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Aumento de casos motivou “revolta do porta-malas”

O departamento de polícia de São Francisco divulgou que houve um aumento de 32% no número de carros danificados de 2020 para 2021, assim como os furtos de veículos, que subiu 25% na comparação anual.

Apesar disso, os órgãos públicos, como a prefeitura da cidade californiana, fizeram coro com Garret Tom e também repreenderam a atitude tomada por alguns motoristas para tentar minimizar os danos.

Em Oakland, cidade próxima de São Francisco, a orientação é para que “objetos de valor não sejam deixados dentro dos veículos e que todas as portas e janelas sejam mantidas fechadas”.

Fonte: ABC7 News

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu