Radian One | Conheça o avião que promete viagens espaciais mais fáceis

A Radian Aerospace anunciou o desenvolvimento do avião espacial Radian One, um projeto que promete tornar missões enviadas à órbita da Terra muito mais fáceis. Após levantar investimentos na ordem dos R$ 27,5 milhões, a empresa, que tem sede em Washington/EUA, deu alguns detalhes sobre esse veículo.

Segundo a empresa, o Radian One tem como diferencial a possibilidade de decolar sem a necessidade de foguetes. Com isso, sua operação se assemelha muito a de jatos comerciais, só que com muito mais velocidade. Além de conseguir trabalhar em alturas estratosféricas, essa aeronave também pode trabalhar como um avião convencional.

“Até o momento, faltava uma solução de transporte espacial de baixo custo que pudesse levar pessoas e cargas para o espaço com uma frequência responsiva. A Radian está bem-posicionada para preencher essa lacuna com tecnologia disruptiva que ajuda a viabilizar a economia espacial emergente”, disse Brett Rome, sócio da Fine Structure Ventures, uma das investidoras da Radian, em comunicado.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O Radian One funciona de modo parecido com um avião convencional (Imagem: Divulgação/Radian)

Por conseguir decolar sozinho, o Radian One vai tornar as missões no espaço muito mais rentáveis, já que ele pode sair da Terra, cumprir sua missão, voltar, ser reabastecido, e retornar para os céus em pouco tempo — menos de 48 horas.

Plano de voo do Radian One é simples e pode ser executado rapidamente (Imagem: Divulgação/Radion)

Mesmo sem revelar a velocidade operacional, a empresa afirma que ele pode, por exemplo, realizar entregas com peso máximo de 2.270 kgs em qualquer parte do planeta em até uma hora. Além disso, a Radian não disse quantos passageiros podem ser transportados, e tampouco se há a possibilidade da realização de turismo espacial.

Quem investiu no Radian One?

Segundo a Radian, a rodada de investimentos que angariou R$ 27,5 milhões foi comandada pelo já citado fundo de capital de risco Fine Stucture Ventures. Além disso outras empresas participaram desse circuito, como Exor, The Venture Collective, Helios Capital, SpaceFund, Gaingels, The Private Shares Fund, Explorer 1 Fund e Type One Ventures.

A expectativa dos investidores é de que o mercado espacial de “baixo custo” movimente US$ 1,4 trilhão pelos próximos anos.

Não há previsão para o início das operações do Radian One.

Fonte: Space.com, Radian

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também

Menu