Spotify interrompe serviço de streaming na Rússia

O Spotify anunciou a suspensão de todos os seus serviços na Rússia enquanto a invasão da Ucrânia continuar. A empresa enviou um comunicado à imprensa no qual justifica a saída por causa da nova legislação russa que pune a divulgação de notícias consideradas falsas sobre baixa de militares ou outros dados sobre a guerra.

Essa lei, aprovada durante a guerra, pune com até 15 anos de prisão quem for considerado culpado pelas autoridades locais. Como o Spotify é lar de muitos podcasts, a chance de algum deles ser considerado irregular pelo Kremlin é bastante grande, fato que poderia trazer graves consequências para a empresa.

O Spotify era um dos porta-vozes da mídia ocidental na Rússia (Imagem: Unsplash/Fixelgraphy)

Em vez de justificar a saída como uma retaliação, como outras companhias dos Estados Unidos e Europa fizeram, o serviço parece mais preocupado com as implicações legais da permanência. A empresa diz saber o quanto é importante manter tudo operacional para fornecer notícias e informações com viés independente na região, mas que a situação atual é complicada.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

“Infelizmente, uma legislação recentemente promulgada restringiu ainda mais o acesso à informação, eliminando a liberdade de expressão e criminalizando certos tipos de notícias, e coloca em risco a segurança dos funcionários do Spotify e possivelmente até de nossos ouvintes. Depois de considerar cuidadosamente nossas opções e as circunstâncias atuais, chegamos à difícil decisão de suspender totalmente nosso serviço na Rússia”, disse um porta-voz ao site The Verge.

Fonte: The Verge  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte feed: canaltech.com.br

Veja também